Lamego, Sociedade

Douro Emoções promove gastronomia duriense e a bôla de Lamego

Embora o Douro ocupe um lugar de destaque na gastronomia típica portuguesa, é opinião unânime que é necessário motivar o sector da restauração para uma aposta cada vez mais sólida na qualidade. Com o objectivo de alcançar este desígnio, a região vai promover, de 17 de Junho a 4 de Julho, o 2º Festival de Gastronomia do Douro para reforçar este reconhecimento público e valorizar os produtos tradicionais endógenos. A melhor gastronomia da região duriense vai estar à mesa em 26 restaurantes, localizados sobretudo nas cidades que constituem o eixo Douro Alliance – Lamego, Peso da Régua e Vila Real.

     Ao longo de três fins-de-semana, será possível saborear os melhores vinhos, a gastronomia mais característica e a doçaria mais irresistível que a região tem para oferecer e que estará à disposição nos restaurantes aderentes. No futuro, está prevista a atribuição de um selo de qualidade aos restaurantes que cumpram um conjunto de critérios definidos pela Associação de Restauração e Similares de Portugal (ARESP).

     Pela primeira vez, no âmbito do Festival de Gastronomia do Douro também haverá demonstrações de “show cooking”, uma oportunidade única para alguns dos melhores chefes de cozinha portugueses divulgarem a sua culinária, considerada uma das formas mais altruístas de arte. As matérias-primas utilizadas na confecção dos pratos serão originárias do Douro com o objectivo de preservar e divulgar a gastronomia tradicional.

     O 2º Festival de Gastronomia do Douro integra o projecto Douro Emoções que une os municípios de Lamego, Peso da Régua e Vila Real, em resultado de uma parceria baseada na partilha e na cooperação. A criação da marca Douro Emoções visa dar maior visibilidade a um conjunto de eventos que vão decorrer neste Eixo, ao longo dos meses de Junho e Julho, nomeadamente as corridas automóvel de Vila Real, o concerto da fadista Mariza e diversos certames ligados ao vinho. A iniciativa tem um valor global de 719.320,00 euros, com uma comparticipação financeira de 70 por cento proveniente da ON.2 – Novo Norte/ QREN, sendo a componente nacional assumida pelos municípios envolvidos. 
 

Lamego promove a verdadeira Bôla

     Inserida no programa Douro Emoções, a cidade de Lamego também vai acolher a segunda edição da Feira da Bôla que decorrerá na principal “sala de visitas” da cidade, a Av. Dr. Alfredo de Sousa. A convite da Câmara Municipal, os comerciantes locais vão voltar a promover, de 16 a 20 de Junho, este produto gastronómico de excelência. O certame promete tornar-se um ponto de encontro para os profissionais do sector e para milhares de visitantes que gostam desta especialidade emblemática do concelho. Recorde-se que, no ano passado, a elevada procura conseguiu esgotar o respectivo stock em todos os stands de venda, constituindo um êxito organizativo.

     Fiel a uma receita muito antiga e recheada ao gosto de cada um, as bôlas de presunto, bacalhau, frango, sardinha, salpicão, vinha-de-alhos, ou de outros ingredientes, prometem deliciar o paladar dos consumidores. Tendo em conta a oferta culinária duriense, a bôla de Lamego assume-se como uma das iguarias mais genuínas e distintas do Portugal gastronómico.

     A II Feira da Bôla é uma organização conjunta da autarquia e da Associação de Empresários de Hotelaria do Douro (HTDOURO), com o apoio institucional da Entidade Regional Turismo do Douro, Turismo de Portugal, Escola de Hotelaria de Lamego, Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego, Confraria Nacional do Espumante e das Caves da Raposeira. A abertura oficial do certame contará com a presença do secretário de Estado do Turismo, Bernardo Trindade.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *