Évora, Sociedade

Évora mantém Bandeira Verde

Teve lugar na Maia, no passado dia 27 de Maio, a cerimónia de entrega do galardão ECOXXI 2009/10 e a cidade de Évora garantiu, pelo terceiro ano consecutivo, a Bandeira Verde. O município voltou, assim, a ser distinguido pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) pelas suas boas práticas ambientais e de educação para a sustentabilidade. 

A entrega do galardão ECOXXI 2009/10 visa distinguir os municípios que apresentaram práticas mais sustentáveis durante o período em análise. 80% dos candidatos foram este ano distinguidos com a Bandeira Verde ECOXXI 2010, o que significa que conseguiram pontuar acima dos 50% da pontuação máxima possível deste índice de sustentabilidade. 

O ECOXXI é um projecto destinado aos municípios que visa distinguir as boas práticas no sentido da sustentabilidade desenvolvidas a nível local, nomeadamente nos aspectos relativos à qualidade ambiental e às práticas de educação para a sustentabilidade.   

Inspirado nos objectivos da Agenda 21, procura, através de um sistema de 23 indicadores e diversos sub-indicadores, avaliar diversas vertentes da sustentabilidade desde a gestão de recursos, à informação aos munícipes passando pela energia, mobilidade, floresta, resíduos, turismo, ordenamento do território, qualidade do ar e da água, agricultura sustentável, emprego, etc. 

Recorde-se a este propósito que a Câmara Municipal de Évora está neste momento a elaborar a sua Agenda 21 Local, dando seguimento ao conceito surgido em 1992 numa conferência das Nações Unidas e que preconizava uma acção global para o desenvolvimento sustentável como forma de lidar com questões como a pobreza, saúde humana, padrões de consumo, protecção ambiental, dinâmica demográfica, entre outros. 

Por outro lado, há  mais de um ano que a edilidade tem de pé a campanha “Évora + Ambiente” que visa sensibilizar a população para as boas práticas em matéria de meio ambiente. 
 
 Lançado em 2005 como forma de assinalar o início da Década da Educação para a Sustentabilidade, o Projecto nasceu das recomendações, ideias e sugestões oriundas das workshops promovidas com técnicos de municípios, no contexto das acções de formação desenvolvidas no âmbito da implementação do Programa Eco-Escolas. A avaliação do desempenho dos municípios conta com a participação de um conjunto de elementos que formam o júri especializado para a reflexão, análise e avaliação de cada um dos indicadores: Agência Portuguesa de Ambiente (APA); Agência para a Energia (ADENE); Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE/FEE); Autoridade Florestal Nacional (AFN); Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR): Norte; Centro; LVT; Alentejo; Algarve; Conselho Nacional do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (CNADS); Conselho Nacional de Educação (CNE); Direcção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR); Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular – Ministério da Educação (DGIDC-ME); Direcção Geral de Energia e Geologia (DGEG); Direcção Geral do Ordenamento do Território e Desenvolvimento Urbano (DGOTDU); Direcção Regional do Ambiente dos Açores (SRAM Açores); Direcção Regional do Ambiente da Madeira (DRA Madeira); Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR); Instituto da Água (INAG); Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (ICS); Instituto de Dinâmica e Espaço (IDE); Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP); Instituto Nacional de Estatística (INE); Instituto Português da Qualidade (IPQ); Instituto de Mobilidade e Transportes Terrestres (IMTT); Instituto de Tecnologia Comportamental (INTEC); RDPP – Desenvolvimento de Projectos Empresariais, SA; Sociedade Ponto Verde (SPV); Turismo de Portugal (TP); Universidade Nova de Lisboa – Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT-UNL); Universidade do Algarve (UALG). 

Em 2009/2010, candidataram-se ao ECOXXI 39 municípios – Águeda, Abrantes, Alandroal, Albufeira, Amadora, Avis, Beja, Bragança, Caminha, Cantanhede, Cascais, Castro Daire, Coimbra, Évora, Faro, Ferreira do Alentejo, Gavião, Golegã, Lagos, Lisboa, Loulé, Lousã, Macedo de Cavaleiros, Maia, Manteigas, Mealhada, Olhão, Peniche, Pombal, Porto, Póvoa de Varzim, Santo Tirso, Setúbal, Tavira, Torres Novas, Torres Vedras, Vila Franca de Xira, Vila Nova de Gaia e Vila Verde.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *