Oliveira de Azeméis, Sociedade

Arrancaram as obras de requalificação da rua Bento Landureza – Oliveira de Azeméis

As obras de beneficiação da rua Bento Landureza, em Oliveira de Azeméis, iniciaram-se hoje na presença do presidente da autarquia, Hermínio Loureiro.
A artéria, que nos últimos anos sofreu uma degradação constante provocando o descontentamento dos moradores e automobilistas, será beneficiada com rede de abastecimento de água, construção de passeios e lugares de estacionamento, aplicação de nova tecnologia «led» na iluminação pública e pavimentação.
«Pensamos que a melhoria que vamos fazer irá corresponder às expectativas dos oliveirenses e esperamos que, no final das obras, a rua fique agradável para quem lá vive e transita», afirma Hermínio Loureiro, explicando que o investimento foi um compromisso assumido na assembleia municipal «Políticos de Palmo e Meio» após a intervenção de uma criança de uma escola da cidade.
«Assumimos que as obras arrancariam até ao final do mês de Maio e assim aconteceu com o início dos trabalhos de requalificação que irão transformar aquela rua que, nos últimos anos, foi bastante martirizada», recorda o autarca, compreendendo o mau estar que o estado da rua provocou diariamente aos moradores.
«Temos de reconhecer e entender as preocupações dos moradores ao longo desse período e de todos os utilizadores daquela artéria quer a pé, quer em veículos motorizados porque a rua não tinha as melhores condições para se circular».
Por essa razão «era importante proceder-se a esta requalificação» pelo que, no início do mandato, a autarquia solicitou aos serviços técnicos a elaboração de um projecto que agora passou do papel para o terreno com o avanço das obras.
A rua Bento Landureza suscitou muitas queixas dos residentes pelo mau estado do piso, pela inexistência de passeios e consequente insegurança e valetas que colocam em causa peões e condutores.
Segundo Hermínio Loureiro, que não avança prazo para a conclusão dos trabalhos embora prometa a sua execução num prazo mais breve possível, o município irá trabalhar no sentido de minimizar os efeitos causados pelos trabalhos na qualidade de vida dos moradores, empresas prestadoras de serviços e comerciantes da rua.
«O objectivo é compatibilizarmos as obras com o dia-a-dia das pessoas que, infelizmente durante muitos anos, tiveram a rua em condições que não mereciam e que nós também não desejamos», refere o autarca, frisando que «iremos procurar ser breves na execução da obra».
A rua Bento Landureza regista considerado movimento automóvel por ser uma via de acesso mais rápido à zona industrial e ainda um elevado número de moradores. Para Hermínio Loureiro trata-se de uma «artéria que não possuía as condições para a importância que assume tanto para quem lá vive como para quem transita e procura a zona industrial».
O presidente da autarquia pede «alguma compreensão às pessoas pelo incómodo dos trabalhos», realçando que «aquilo que está a ser feito é para melhorar a qualidade de vida de todos».
«Queremos que esta rua, a partir do momento em que fique pronta, seja uma via que agrade aos oliveirenses», afirma Hermínio Loureiro realçando a preocupação ambiental na sua requalificação.
«Vamos utilizar uma nova tecnologia led na iluminação pública mais amiga do ambiente e com menos gastos energéticos», destaca o autarca, satisfeito pelo arranque da empreitada que acabará de vez com as queixas dos moradores.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

3 comentários

  1. E a rua António Bernardo, que já foi a Estrada Nacional 1? Para quando uma intervenção no pavimento e nos passeios? Vou começar a mandar a factura dos pneus, jantes e amortecedores para a Câmara pagar!!!!!

  2. Grande descaramento, sou moradora na Rua Bento Landureza, e até às 13H, não existia nenhum tipo de obras na mesma. Obras essas quesupostamente já teriam que começar até 31-Maio-2010.

    Enfim………….

  3. Obras na bento landureza onde?Se as obras é colocar um sinal no cimo da rua então estamos bem.Se são os arranjos no passeio junto ao pingo doce então estamos melhor ,sim pois deve ser esta a zona que mais preocupa o presidente, é uma vergonha andar a brincar com os moradores da rua e com quem lá passa todos os dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *