Cultura, Trofa

100 Anos da República Portuguesa na Trofa com Fados da época a 8 de Junho

No âmbito da comemoração dos 100 anos da República, em Portugal, a Câmara Municipal da Trofa, planeou uma série de actividades alusivas a essas comemorações, intituladas de “Viva a República!”.
 
Desta forma, após as acções decorridas em Maio, a Câmara Municipal da Trofa continua a evocar, no mês Junho, um dos mais importantes momentos da história nacional, com um programa variado.
 
A 4 de Junho é inaugurada uma exposição, intitulada “A Carbonária em Portugal”, pelas 18h00, na Casa da Cultura da Trofa. A exposição foi cedida pela Biblioteca-Museu da República e da Resistência da Câmara Municipal de Lisboa, com imagens e documentos de arquivo.
 
No dia 8 de Junho, decorre o espectáculo “Fados da República”, pelas 21H30, no Parque Nossa Senhora das Dores. Este espectáculo de fados que nasceu de uma ideia de Luís Sarmento e será produzido por Virgílio Luyis Silva, e contará com a participação da fadista Ana Marta e dos músicos Luís Ribeiro, Luís Sarmento e Carlos Macieira.
 
A 13 de Junho regressam as comemorações com a realização do Passeio de Bicicletas Antigas. O Passeio tem início às 10h00, no Parque Nossa Senhora das Dores, e conta com um percurso de 15km. O Ciclista com melhor traje alusivo à época da Implantação da República recebe um Prémio. As inscrições realizam-se até dia 9 de Junho no portal www.cicloturismodatrofa.com. No decorrer do Passeio haverá ainda uma Feira com material para bicicletas antigas, para que os participantes ou os interessados possam adquirir peças raras.
 
Nesse mesmo dia, a GNR organiza um CARROSSEL DE MOTOS, integrado na iniciativa “A Guarda e a República”, pelas 15h00, no Estádio do Trofense.
Na Casa da Cultura da Trofa decorre o Festival de Folclore Infantila partir das 17h00, com organização da Escola EB1 de Cidai do Agrupamento Vertical de Escolas da Trofa, e conta com a participação do Grupo Folclórico Infantil da Escola de Cidai – Trofa, do Grupo Folclórico de Valadares – Vila Nova de Gaia, e do Rancho Infantil e Juvenil de Nossa Sr.ª da Lapa – Marco de Canavezes.
 
A Presidente da Câmara, Joana Lima considera esta iniciativa “importante para a valorização da nossa cultura histórica e para a consolidação da consciência cívica dos cidadãos e do seu sentido de preservação patrimonial, promovendo o reforço da identidade nacional e consequentemente a construção de uma sociedade mais justa e coesa”.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *