Sociedade, Vila Real de Santo António

Iniciativas da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António têm impacto positivo

Foi ontem apresentado um estudo promovido pelo Centro de Estatística Aplicada e Previsão (CEAP) da Faculdade de Economia da Universidade do Algarve, sobre o impacto dos eventos promovidos pela Câmara Municipal de Vila Real de Santo António em parceria com a Sociedade de Gestão Urbana, S.A (SGU).
 
Como principal conclusão deste estudo destaca-se que a diversificação de eventos festivos, desportivos e culturais tem vindo a configurar uma ferramenta estratégica fulcral para a projecção da imagem interna e externa do concelho de Vila Real de Santo António e para a dinamização económica do município.
 
Para Luís Gomes, presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, “este estudo vem reconhecer a importância das várias iniciativas que temos promovido em Vila Real de Santo António e que colocaram o concelho na agenda mediática nacional, posicionando-o como destino de eleição. As conclusões permitem-nos ter cada vez mais certezas de que estamos no caminho certo e que a nossa estratégia se deve continuar a pautar pelo desenvolvimento de iniciativas culturais e desportivas, que contribuem para a qualidade de vida dos residentes e que atraem visitantes ao concelho”.
 
O Estudo desenvolvido pelo CEAP, em colaboração com a SGU, sob o tema “Avaliação da Política de Eventos na Economia do Município e na Região envolvente durante o quadriénio 2006/2009”, deu origem a três relatórios distintos que dizem respeito às acções de âmbito desportivo, festivo e cultural organizadas pela edilidade de Vila Real de Santo António – Carnaval, Dia da Mulher, Mundialito de Futebol, Copa Foot21, Troféu Guadiana e o Manta Beach Club.
 
Resultados do estudo
Os resultados do estudo levado a cabo pelo Centro de Estatística Aplicada e Previsão vêm comprovar que a realização destes eventos em Vila Real de Santo António, constitui um veículo para que o concelho agregue à sua imagem um destaque institucional que não seria obtido pelos meios tradicionais de marketing.
 
Assim, estas iniciativas produzem efeitos promocionais significativos, contribuindo para a projecção da imagem do concelho, bem como para o aumento da sua atractividade enquanto destino turístico. Quer isto dizer que estes eventos não só promovem, como favorecem, a dinamização da região que, desta forma, adquire capacidade de captação de novos fluxos turísticos, bem como a renovação do interesse dos visitantes já habituais.
 
Por outro lado, estes eventos representam um dos sectores que maior retorno económico oferece à região. De facto, a sua implementação, ainda que dispendiosa, compensa os esforços da Câmara Municipal pelo elevado número de visitantes que dinamizam economicamente o município, através da sua relação com toda a cadeia de equipamentos e actividades ligadas ao turismo, como é o caso dos hotéis, meios de transporte, restaurantes e comércio local.
 
Não obstante, os eventos representam um grande estímulo para a economia do município, na medida em que movimentam diversos sectores da economia local, ocasionando um aumento de receitas, a criação de empregos (directos e indirectos), e uma das formas primordiais de auto-sustento das grandes infra-estruturas municipais.
 
Nos últimos quatro anos, as opções da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, em matéria de gestão de eventos, têm conduzido a um aumento significativo da competitividade do município, podendo concluir-se que tais iniciativas configuram uma estratégia no combate aos efeitos de localização periférica a que este território se encontra sujeito.
 
Actualmente, a projecção de Vila Real de Santo António, enquanto destino turístico, deve-se sobretudo ao sector do turismo que procura um conjunto diversificado de eventos, aos quais a Câmara Municipal conseguiu dar resposta, articulando a oferta com uma procura cada vez mais diversificada. Por essa razão, as políticas de eventos assumem uma posição estratégica dentro das políticas públicas que objectivam desenvolver a economia local, gerar riqueza e elevar o nível de vida da população local.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

1 comentário

  1. dá gosto passar férias nesta terra, quer pelas pessoas quer sobretudo pelas iniciativas culturais que sempre disponibiliza a quem a visita. Obrigado sr. presidente,se pudesse escolhia a sua terra para viver feliz. O Sr. faz a diferença neste país, como político e certamente como pessoa. Continue.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *