Sociedade, Vizela

Município de Vizela é parceiro em trabalho de concertação entre Municípios da Região do Ave e a REAPN

Como mais uma forma de assinalar o Ano Europeu de Combate à Pobreza e à Exclusão Social, seis concelhos da Região do Ave, entre os quais Vizela, responderam ao desafio colocado pelo Núcleo Distrital de Braga da REAPN (Rede Europeia Anti Pobreza), no âmbito da Plataforma Territorial Supraconcelhia do Ave/Rede Social e, em parceria, apresentaram uma candidatura ao Programa Nacional do Ano Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social 2010 (PNAECPES), tendo esta sido aprovada.
O projecto, designado “Ave Mais Solidário”, encontra-se estruturado em duas fases. A primeira, que coincide com o primeiro semestre de 2010, compreende a realização de dois Fóruns interconcelhios, sob o mote “Governança e participação dos diferentes actores”.
A realização dos Fóruns concorre especificamente para um dos objectivos do projecto, que consiste na activação de uma maior participação das pessoas em situação de pobreza/ exclusão nos processos de tomada de decisão, iniciativa e mudança sobre as situações que directamente lhes dizem respeito, procurando capacitá-los para o efeito.
Assim, serão realizados dois Fóruns, respectivamente, com a representação de três concelhos. O primeiro Fórum abrange os concelhos de Guimarães, Vila Nova de Famalicão e Vizela e decorrerá no dia 27 de Maio de 2010, no Centro de Estudos Camilianos (Seide S. Miguel – V.N. de Famalicão). O segundo Fórum juntará os concelhos de Fafe, Póvoa de Lanhoso e Vieira do Minho e tem data marcada para o dia 16 de Junho de 2010, no Centro Cultural de Vieira do Minho.
A realização destes fóruns tem como objectivos: sensibilizar, reflectir e debater sobre a importância e práticas de empowerment/participação social e cívica das pessoas em situação de vulnerabilidade social, no combate à pobreza e à exclusão ao nível local; e definir formas de dinamização (acções, projectos) do envolvimento e participação destas pessoas na vida da comunidade, que possam ser implementadas e desenvolvidas ao nível local.
A iniciativa tem como destinatários beneficiários da medida de Rendimento Social de Inserção (RSI), dirigentes e técnicos de entidades públicas e privadas com responsabilidades directas ou indirectas no combate à pobreza e à exclusão social. Cada concelho far-se-á representar com 18 elementos.
Cada Fórum será constituído por três grupos de trabalho heterogéneos entre si, beneficiários do RSI, dirigentes e técnicos dos diversos sectores, perfazendo um total de 54 participantes em cada Fórum.
Os grupos de trabalho contarão, respectivamente, com a presença de um dinamizador/a (a quem caberá colocar as questões com recurso a um guião, bem como a construção de sínteses parcelares) e de um relator/a, que terá como função, para além da redacção, a apresentação das conclusões do grupo ao plenário, no final de cada fórum.
Numa segunda fase, a coincidir com o segundo semestre do ano, em cada concelho que integra a parceria deste projecto, vão ser dinamizadas diversas acções para assinalar este Ano Europeu.
Em Vizela, para meados de Outubro, está prevista a realização de uma marcha que irá percorrer vários pontos, através da mobilização das várias entidades, públicas e privadas, do concelho, com responsabilidades directas ou indirectas no combate à pobreza e à exclusão social, designadamente as escolas e a instituições particulares de solidariedade social.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *