Cultura, Santa Maria da Feira

Dezenas de companhias ‘invadem’ ruas e praças de Santa Maria da Feira

A décima edição do Imaginarius – Festival Internacional de Teatro de Rua de Santa Maria da Feira arranca formalmente esta quinta-feira, dia 27 de Maio, mas um dia antes, a 26 de Maio, estreia a peça “Entrado”, no Estabelecimento Prisional do Porto (EPP), em Custóias.  

Cada vez mais, o Imaginarius olha para a cidade e coloca-a no “palco”. Nesta edição, o Festival destaca-se pelo número de estreias e criações próprias, e pela grande aposta no território e nas suas gentes, ao apresentar projectos desenvolvidos ao longo de vários meses com grupos específicos da comunidade, como idosos, crianças, famílias oriundas de bairros sociais e de etnia cigana, para além de um grupo de 30 reclusos do EPP.  

“Entrado” propõe ao público um percurso por alguns dos espaços da prisão de Custóias, revelando sensações, obstáculos, experiências, percepções sobre a vivência de um contexto prisional. O espectáculo está esgotado há vários dias. 

Desenvolvido com a comunidade cigana de Sanguedo, “Baralha” revela-se um projecto transdisciplinar pioneiro, em vários sentidos, em que a arte sai dos habituais traços delimitados à sua actuação e se funde no espaço e tempo próprios da vivência de uma comunidade de pessoas com um estilo de vida singular e rodeado de estereótipos. 

“A Feliz Idade” é uma reflexão sobre a condição de envelhecer numa sociedade que não reconhece o valor das memórias como fundamentais para o futuro e considera a velhice um “problema” para resolver. Seniores feirenses, entre os 60 e os 87 anos, integram esta peça. 

O projecto Instável Orquestra apresenta três espectáculos baseados na narrativa “A Emocionante História de Francisco, Afonsina e Outras Coisas Mais”, resultante dos laboratórios desenvolvidos com cinco grupos numerosos, de faixas etárias muito diferentes, ao longo de quatro meses. Este projecto envolveu seis mil crianças das escolas primárias do Concelho. 

Duas companhias de Santa Maria da Feira – Persona e All About Dance – marcam presença no Imaginarius’10. Os All About Dance estreiam ASYLUM, criado especificamente para esta edição, e os Persona apresentam WHITE BOX, numa parceria com o projecto feirense Artane.  

A primeira criação de teatro de rua do Teatro de Marionetas do Porto – Make Love Not War” – estreia no Imaginarius. O espectáculo, criado a partir da comédia grega “Lisístrata”, de Aristófanes, é apresentado nos três dias do Festival.  

Destaque ainda para a participação de Leo Bassi, Companhia Clara Andermatt, Compagnie Off, Compagnie de Quidams, Radar 360º e PIA – Projecto de Intervenção Artística.  

Desde 2009 que o Imaginarius desafia também artistas e criadores emergentes a ocuparem a cidade com as suas propostas de intervenção no espaço público, através do Mais Imaginarius. Este ano, foram apresentadas 80 candidaturas e seleccionados 22 projectos artísticos, que serão apresentados no espaço público. 

Programa completo no site www.imaginarius.pt.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *