Cultura, Mangualde

Apresentação do livro de Manuela de Azevedo no Salão Nobre da Câmara Municipal – Mangualde

«Memória de uma Mulher de Letras» é o título do último livro da jornalista e escritora, Manuela de Azevedo, que será apresentado dia 7 de Junho, segunda-feira, pelas 15h30, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Mangualde, seguindo-se uma sessão de autógrafos.
 
Ainda antes da apresentação do livro, que será da responsabilidade de Luís Humberto Marcos, autor do prefácio e director do Museu Nacional de Imprensa, a autora de 98 anos desloca-se à Escola Secundária Felisminia de Alcântara para falar com os jovens estudantes. Posteriormente, Manuela de Azevedo visitará alguns dos locais que marcaram a sua infância em Mangualde, antes de ter partido para Lisboa, onde fez carreira no jornalismo.
 
Esta iniciativa do Museu Nacional de Imprensa conta com o apoio da Câmara Municipal de Mangualde.
 
 
 
PERCURSO DE MANUELA DE AZEVEDO
 
Foi com a leitura do jornal «O Século», do qual o seu pai era correspondente em Mangualde, que surgiu o interesse de Manuela de Azevedo pelo jornalismo. No ano de 1935 publica o livro de poemas, intitulado «Claridade», com prefácio de Aquilino Ribeiro, tendo entrado pouco tempo depois para o mundo do jornalismo, mais concretamente para o Jornal «República». Durante muitos anos esteve no «Diário de Lisboa», onde assinou dezenas de reportagens, e terminou a sua carreira profissional no «Diário de Notícias», destacando-se na reportagem e na crítica teatral.
 
Paralelamente ao trabalho jornalístico, Manuela de Azevedo publicou livros de poesia, contos, novelas, biografias, crónicas, ensaio, romance e teatro. Ao logo das últimas décadas fundou e dirigiu a Casa-Memória de Camões, em Constância, a Vila Poema do distrito de Santarém.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *