Cultura, Oliveira de Frades

Integração do padrão da Albergaria de Reigoso na exposição permanente do Museu Municipal – Oliveira de Frades

O Museu Municipal de Oliveira de Frades recebeu, no passado dia 18 de Maio, uma nova peça de interesse histórico para integrar a sua exposição permanente, no âmbito  da comemoração do Dia Internacional dos Museus.

Trata-se do Padrão da Albergaria de Reigoso, um dos dois vestígios materiais que comprovam a existência, durante séculos, da Albergaria de Reigoso, na qual era prestada assistência aos peregrinos de Santiago de Compostela e aos almocreves que se deslocavam na estrada romana, também designada por estrada velha ou do peixe que fazia a ligação de Águeda a Viseu. 

É visível a inscrição no padrão da seguinte frase de recepção aos peregrinos: “Peregrino, vinde ao Hospital de Reigoso, que vos darei casa, cama, água, fogo, azeite e sal”.

Participaram nesta cerimónia simbólica, a Vereadora da Câmara Municipal de Oliveira de Frades, Elisa Ferraz de Oliveira; Manuel Lopes Martinho (ilustre conterrâneo e uma das pessoas que melhor conhece a história do nosso concelho) que fez um enquadramento histórico da origem deste padrão e da Albergaria de Reigoso; Adelino Soares, ex-autarca de relevo no concelho e o Técnico Municipal Responsável pelo Museu, Filipe Soares, que demonstrou a sua satisfação e o esforço encetado para a vinda desta peça para o Museu Municipal de Oliveira de Frades, que estava à guarda da Assembleia Distrital de Viseu, desde o início da década de 50.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *