Cultura, Penafiel

Museu de Penafiel em contagem decrescente para a Gala do prémio, EMYA 2010 do European Museum Fórum

É já hoje que arranca em Tampere, na Finlândia, a gala de 2010 do prémio internacional, EMYA 2010 do European Museum Fórum, prémio para o qual o Museu Municipal de Penafiel se encontra nomeado. 

A Gala que decorre até dia 22, com diversas apresentações dos museus nomeados, entre eles Museus de Países como a Rússia, França, Inglaterra e Portugal, estando o ultimo dia reservado para a divulgação do Museu vencedor. 

Para o autarca, Alberto Santos “ Termos chegado até aqui, por entre tantos e tão bons candidatos é já um motivo de enorme orgulho. A nomeação por si só já constitui um prémio e um justo reconhecimento da grande qualidade deste Museu, factor que nos enche a todos de orgulho. Chegar até aqui já foi uma vitória” 

O Museu de Penafiel conta também com outras importantes distinções, prova disso mesmo é, o primeiro prémio alcançado na categoria de Projecto Urbano-Cultura, do Jornal Planeamento e Cidades, e o ter sido nomeado para o Prémio do Museu do Ano 2010, da Associação Portuguesa de Museologia e de estar ainda qualificado entre os 5 finalistas na Categoria de Norte Civitas, para o Prémio Novo Norte – Boas Práticas de Desenvolvimento Regional. 

No âmbito das comemorações do dia internacional dos Museus, O Museu Municipal de Penafiel inaugurou no passado dia 15 de Maio, a exposição de Manuel Casal Aguiar, uma retrospectiva de pintura, «Vislumbre de verdade». Obras que resultam de quatro momentos do percurso artístico mais relevante de Casal Aguiar: Londres,  

Oceânia, Douro e Trás-os-Montes e que reflectem exemplos e atitudes inspiradas pelas diferentes atmosferas que o autor viveu.  

Com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Penafiel, Alberto Santos, da Vereadora da Cultura, Susana Oliveira e de várias dezenas de convidados, o artista contemporâneo Manuel Casal Aguiar, referiu a sua enorme satisfação por ter no Museu de Penafiel as suas obras em expostas e por ser possível dar a oportunidade às pessoas para conhecerem um pouco dos quatro locais que marcaram a sua vida. 

Alberto Santos, não escondeu igualmente o seu contentamento por o Museu de Penafiel acolher a exposição de Manuel Casal Garcia, “ Vislumbre de verdade”. “ 

No mesmo dia, às 21h30, teve lugar ainda o lançamento do catálogo fotográfico da exposição permanente do Museu Municipal de Penafiel da autoria de Francisco Providencia. Catálogo que apresenta imagens fantásticas e deslumbrantes do Museu de Penafiel, que vale bem a pena descobrir. 

De seguida, Inês Amorim, Professora Associada do Departamento de História e de Estudos Políticos e Internacionais da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, apresentou o Lançamento do livro “Elites e Finanças. O Município de Penafiel na Reforma Liberal (1834-1851)”, da autoria de António José Pinto do Fundo. 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *