Cultura, Gondomar

“O Céu Deslumbra-me” – Gondomar

Utilizando os seus materiais de eleição (como o barro, o gesso ou o bronze), a artista concebe estas esculturas a partir de factos simples – que complementam a realidade de cada um dos vários sujeitos, como é o exemplo de um etéreo movimento ou de simples uma emoção gravada nas veias. O trabalho de Margarida Santos foca-se, sobretudo na visualização do corpo e na sua coerência estética, na ocupação do espaço, na imposição das formas, da dimensão e da afirmação do corpo feminino. E a literatura, poesia, dança ou mesmo a música são também factores que complementam o processo de elaboração destas obras.
Margarida Santos nasceu em Canelas, no Concelho de Vila Nova de Gaia em 1946. Formada em Escultura pela Escola Superior de Belas Artes do Porto, Margarida Santos conta com várias dezenas de exposições individuais realizadas um pouco por todo o país.
Do vasto curriculum, faz ainda parte a criação de inúmeros monumentos, a criação de medalhas e troféus para várias instituições, bem como a elaboração de bustos. Desenvolve, também, relevante trabalho na área de formação, da poesia e da ilustração.
 
CURRICULUM VITAE
 
1946 – Nasceu em Canelas, V. N. de Gaia
1963 – Curso de Artes Decorativas Soares dos Reis
1968 – Licenciatura em Escultura da Escola Superior de Belas Artes do Porto
1970 – Curso de Ciências Pedagógicas da Faculdade de Letras de Coimbra
1972 – Estágio Pedagógico e Exame de Estado
1972/74 – Bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian
1974/75 – Orientadora Pedagógica da Direcção Geral do Ensino Básico
1976/80 – Orientadora da Equipa Pedagógica de Educação Visual da Telescola
1980/82 – Autora, apresentadora e colaboradora de programas culturais da Rádio Televisão Portuguesa
1992/93 – Directora Artística da Galeria da Praça
1968/2006 – Professora do Ensino Oficial.
 
Autora de 40 exposições individuais. Participante em exposições de dois artistas e em centenas de exposições colectivas.
Autora de obra diversa: bustos, retratos, relevos, troféus, múltiplos, medalhas, monumentos.
Autora de programas radiofónicos culturais e da publicação de poesia, de artigos de opinião e de crónicas na imprensa falada e escrita.
Responsável por cursos de formação para professores e orientadores de professores e pela realização de filmes pedagógicos, didácticos, e de diaporamas.
Autora e ilustradora de poemas bem como de obra gráfica.
Autora de textos de apresentação da obra de vários artistas plásticos.
Autora de bustos e de monumentos implantados em locais públicos no país e no estrangeiro.
Sócia (n.º 2) fundadora da Cooperativa Cultural Artistas de Gaia e da Associação Nacional dos Artistas Plásticos Portugueses. Membro da Associação de Dadores de Sangue de Vila Nova de Gaia. Sócia da Sociedade Nacional de Belas Artes, da Cooperativa Árvore, da Associação de Solidariedade Nacional dos Professores, entre outras.
Membro da Comissão de Especialistas de Estatuária.
 
Distinções
Medalha de Mérito da Escola Preparatória de Canelas/88.
Medalha de Mérito Cultural atribuída pela Junta de Freguesia de Canelas/92.
Prémio Especial do Júri na Trienal Exposição Internacional de Arte em Puy-en-Velay-França/93.
Prémio de Desenho na Exposição Rio Douro-Artes Plásticas. Gaia/96.
Medalha de Mérito Cultural e Científico Classe Ouro atribuída pela Câmara Municipal Gaia/02.
Prémio Prestígio Classe Ouro atribuída pelo Jornal Audiência. Gaia/08.
Prémio Aquisição na XXIII Exposição Colectiva dos Sócios da Árvore/08.
 
Trabalha em atelier próprio, desde 1964 até à data presente, onde mantém uma actividade regular.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *