Amadora, Cultura

Recriação histórica da Necrópole de Carenque – Amadora

A Necrópole de Carenque celebra o Dia Internacional dos Museus, no dia 15 de Maio, a partir das 14h00.

Será no Núcleo Monográfico que terá lugar uma recriação histórica da Necrópole de Carenque, com a presença do Clã de Carenque. Uma oportunidade para “conhecer os construtores da Necrópole de Carenque e saber como viviam e onde”.  

Necrópole de Carenque

A Necrópole de Carenque está classificada enquanto Monumento Nacional desde 1936 (Decreto n.º 26 235 de 20/01/1936), e constitui-se por três sepulcros colectivos (designados de I, II e III, contando de Este para Oeste) escavados nos afloramentos calcários do Tojal de Vila Chã, entre Carenque e os Moinhos da Funcheira.

Estes sepulcros, descobertos e escavados em 1932 pelo arqueólogo Manuel Heleno, então Director do Museu Etnológico do Dr. Leite de Vasconcellos, actual Museu Nacional de Arqueologia, revestem-se de grande interesse para a compreensão da nossa pré-história, tendo sido construídos no final do IV milénio, início do III milénio, e reutilizados no final do III milénio.

O conjunto de sepulturas, designadas Grutas Artificiais, por terem sido escavadas na rocha, integram-se numa tradição cultural funerária mediterrânica, evidenciando também características próprias numa região que coincide, grosso modo, com o estuário do Tejo. 
 

Necrópole de Carenque – Núcleo Monográfico

Serra das Brancas, Topo da Av. Luis de Sá – Mina

Para mais informações, contactar o Museu Municipal de Arqueologia/Núcleo Museográfico do Casal da Falagueira (Tel.: 21 498 67 70).

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *