Cultura, Trofa

Mário Laginha e Idrigba no Rotajazz 2010 na Trofa

 A Câmara Municipal da Trofa já está a organizar mais uma edição do festival de Jazz do Concelho da Trofa, o Rota Jazz 2010, a decorrer no próximo mês de Maio.
 
Assim, no dia 28 de Maio, a Trofa recebe, no primeiro dia do Festival de Jazz, o quinteto de jazz, IDRIGBA, no Auditório da Junta de Freguesia de Santiago de Bougado, pelas 22h00.
 
Os IDRIGBA são um projecto musical, que nasceu em 2000, no Concelho da Trofa, centrado apenas na interpretação de temas originais, recorrendo constantemente à improvisação.
 
O quinteto, formado por Miguel Pedrosa nas Guitarras, João Tedim no Clarinete, Edamir Costa no Baixo Eléctrico, Sílvio Almeida nos Sintetizadores e Gustavo Valdigem na Bateria, procura um público intimista, conhecedor das diferentes correntes musicais, mas é também uma agradável surpresa para públicos menos conhecedores dessa realidade.
 
A 29 de Maio, segundo dia do festival de Jazz da Trofa, a atenção dos amantes deste género musical, vai para Mário Laginha que actua na Casa do Futebol Clube do Porto da Trofa, pelas 22h00.
 
Com uma grande criatividade, enorme solidez rítmica e uma imensa riqueza harmónica e melódica, Mário Laginha tem estado ao lado, no palco ou em estúdio, de músicos excepcionais, como Wolfgang Muthspiel, Trilok Gurtu, Gilberto Gil, Lenine, Armando Marçal, Ralph Towner, Manu Katché, Dino Saluzzi, Kai Eckhardt, Julian Argüelles, Steve Argüelles, Howard Johnson, Django Bates, entre outros.
 
A sua parceria com Maria João resultou numa dezena de discos, e na participação em alguns dos mais importantes festivais de Jazz do mundo: Festival de Jazz de Montreux, Festival do Mar do Norte, Festival de Jazz de San Sebastian e Festival de Jazz de Montreal.
 
Para assistir a este Concerto de Mário Laginha, os interessados deverão levantar os Bilhetes/Convite (gratuitos) na Casa da Cultura da Trofa, até ao dia 25 de Maio.
 
A Câmara Municipal da Trofa organiza, mais uma vez, a Rota Jazz, que tem sido tem sido responsável pela apresentação de alguns dos nomes mais notáveis do jazz contemporâneo, promovendo o livre acesso à cultura e a todos os genros musicais.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *