Marco de Canaveses, Sociedade

Concelho do Marco de Canaveses associa-se à estafeta nacional pobreza e exclusão: eu passo!

A iniciativa que tem vindo a percorrer todo o Portugal, vai passar pelo concelho do Marco de Canaveses, já na próxima sexta-feira, dia 7 de Maio de 2010, com a estafeta a fazer a recepção em Soalhães (Marco de Canaveses; ligando depois ao concelho de Lousada.

     Um dos pontos altos da iniciativa está marcado para as 11 horas, com a realização da animação que irá decorrer na Alameda Dr. Miranda da Rocha, área envolvente à Câmara Municipal, com a realização de uma coreografia efectuada pelos alunos participantes.

     Do concelho do Marco de Canaveses participam nesta iniciativa quarenta alunos do Curso Tecnológico de Desporto da Escola Secundária do Marco de Canaveses a que se juntam ainda mais onze alunos do PIEF. 

     O PIEC – Programa para a Inclusão e Cidadania – está a promover no âmbito do Ano Europeu do Combate à Pobreza e Exclusão Social (AECPES), a organização de uma Estafeta Nacional Pobreza e Exclusão: Eu passo! a qual mobilizará, para além dos cerca de 2.100 alunos das 142 turmas PIEF(Programa Integrado de Educação e Formação), inúmeras entidades sociais de âmbito nacional, regional e local, entre elas a Câmara Municipal do Marco de Canaveses, que dá o seu apoio.

     Assim, durante o meses de Abril e Maio, de acordo com o desenrolar da Estafeta, serão desenvolvidas inúmeras iniciativas, locais e regionais, entre as quais será de destacar cinco Encontros Regionais sobre Inclusão Social de Crianças e Jovens, diversos concursos e acções que mobilizarão centenas de entidades públicas e privadas, bem como de algumas figuras públicas que já se associaram à iniciativa.  

     São objectivos destas iniciativas sensibilizar e mobilizar os alunos para a reflexão sobre a pobreza e exclusão social em particular dos jovens, como um problema que respeita a todos; promover a participação das escolas e da comunidade na construção de uma sociedade para todos; incentivar a participação dos alunos numa causa justa, promovendo conceitos solidários de cidadania.

A Iniciativa 

   Tendo sido definido, pelo AECPES, o mês de Abril como o mês dos Jovens, coube ao PIEC em estreita articulação com o ISS (Instituto da Segurança Social) a organização da Estafeta Nacional Pobreza e Exclusão: Eu Passo!, iniciativa composta por 3 componentes distintas: 

  1. Estafeta Nacional Pobreza e Exclusão: Eu Passo!,
  2. Estafeta Digital Testemunho pela Inclusão
  3. Encontros sobre a temática da inclusão e cidadania Inclusão: Eu Penso!

   Trata-se de uma iniciativa nacional que tem vindo a ligar todo o país, levando à passagem de um testemunho de jovem para jovem e por todos os que queiram participar, a título individual ou enquanto elemento de qualquer instituição social que se queira associar (ISS, CPJCR, IPJ, IPSS, Autarquias, Forças de Segurança, Protecção Civil, Programa Escolhas, Escolas, ONG e Associações Juvenis. A iniciativa mobilizará cerca de 2000 alunos dos cerca de 142 grupos – turma da Medida PIEF, distribuídos ao longo de todo o país, com os seguintes objectivos:

  1. Dar visibilidade ao fenómeno da pobreza e da exclusão social como um problema que respeita a todos os cidadãos.
  2. Estreitar a articulação já existente, criando novas oportunidades de trabalho, entre o PIEC e as instituições sociais que de algum modo trabalham connosco (ISS, CPJCR, IPJ, IPSS, Autarquias, Forças de Segurança, Protecção Civil, Programa Escolhas, Escolas, ONG e Associações Juvenis).
  3. Aproveitar a iniciativa para divulgar o PIEF enquanto uma das medidas institucionais que promove a inclusão e a cidadania dos jovens, dando visibilidade a outras respostas sócia educativas existente a nível nacional, regional e local.    
  4. Incentivar a participação dos jovens em PIEF numa causa justa contribuindo, por um lado, para a sua reintegração social de um modo activo e, por outro, promovendo entre os alunos, e entre estes e as várias instituições públicas e privadas, conceitos solidários de cidadania.
  5. Divulgar junto da sociedade civil e dos média o alargamento do âmbito de missão deste Programa governamental, bem como a sua importância e potencial.

   Trata-se de uma iniciativa dirigida a todas as instituições públicas, privadas e cooperativas, com responsabilidades no mercado social, especialmente vocacionadas para crianças e jovens, que apresentem políticas e respostas promotoras da inclusão e da cidadania, com enfoque nas questões educativas e formativas.

   Esta iniciativa é, ainda, dirigida à sociedade civil em geral, considerando que qualquer cidadão jovem, em representação de uma instituição, poderá integrar a estafeta e participar nas iniciativas que a mesma irá despoletar localmente

   Irá percorrer um total de 1800 km em 37 dias, durante o período de 13 de Abril a 21 de Maio, com início na Praça do Município, em Lisboa, e termo previsto na Praça da Figueira.

   Com partida na Praça do Município junto à Câmara Municipal de Lisboa, pelas 10h00, do dia 13 de Abril, o primeiro percurso foi da responsabilidade da Coordenadora Nacional do PIEC, Dr.ª Fátima Matos, com a participação dos alunos do PIEF da Ameixoeira, onde se deseja que, nos limites do Concelho, o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa entregou o Testemunho pela Inclusão à Presidente da Câmara Municipal de Almada.

   O testemunho passará  de mão em mão envolvendo alunos PIEF, autarquias e outras instituições oficiais ou, de alguma maneira, parceiras.

   A última etapa decorrerá ao longo de vários bairro problemáticos da periferia de Lisboa, terminado a Estafeta com a chegada à Praça da Figueira, a 21 de Maio.  

   São cerca de 1800 km em 37 dias, cobrindo todo o país de norte a sul, de este a oeste, do nível do mar ao lugar mais alto do continente.  

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *