Educação, Évora

Câmara de Évora prossegue na promoção da educação ambiental

A Câmara Municipal de Évora continua a acompanhar o desenvolvimento e a apoiar o projecto de educação ambiental denominado “À descoberta da águia-caçadeira”, através do que foi estabelecido no protocolo de parceria entre a autarquia e a Escola Secundária André de Gouveia. 

São objectivos gerais deste projecto a sensibilização da população escolar e dos agricultores para a conservação da águia-caçadeira, espécie em perigo de extinção no território nacional; o desenvolvimento de atitudes de cidadania na análise de problemas locais e na participação activa para a sua resolução; a melhoria significativa na ligação dos conteúdos curriculares no domínio do Estudo do Meio e das Ciências Naturais com casos de conservação de espécies silvestres autóctones e de gestão de habitats; e a planificação e concretização de trabalhos de projecto, visando o aperfeiçoamento por parte dos alunos na selecção de informação, sua análise e comunicação de resultados. 

O incremento da partilha de conteúdos entre escolas e do contacto entre a Escola e a Comunidade; a percepção da relevância da aprendizagem de línguas estrangeiras para a pesquisa de informação na Internet e leitura de artigos científicos; e a concretização de acções de salvamento de ninhos durante a ceifa dos cereais estão igualmente incluídos neste projecto que é desenvolvido nos concelhos de Évora e de Castro Verde, onde existe presença regular destas aves. 

No âmbito do protocolo, a Câmara Municipal cede material de desgaste; faculta apoio logístico nas deslocações do coordenador a escolas rurais para reuniões de trabalho com docentes e para palestras com os alunos, num máximo de três viagens/ano por escola aderente; comparticipa financeiramente as despesas correntes do projecto; apoia técnica e logisticamente a elaboração de material didáctico para disponibilização aos estabelecimentos de educação e ensino do concelho; e faculta apoio logístico nas deslocações de alunos e professores a áreas agrícolas do concelho para observação de aves e concretização de acções de salvamento de ninhos de águia-caçadeira, num máximo de duas visitas/ano por escola aderente. 

Ainda no domínio do Projecto de Educação Ambiental dinamizado pelo Município de Évora, este continua também, pelo segundo ano consecutivo, com as escolas pioneiras do Projecto Embelezamento dos Espaços Exteriores e Hortas Biológicas que são: EB1 do Rossio de São Brás; EB1 de S. Mamede EB1 da Horta das Figueiras; EB1 do Bairro do Chafariz d`el Rei; EB1 da Cruz da Picada; EB I da Malagueira e EB23 Conde Vilalva. 

Neste ano lectivo aderiram ao projecto mais quatro EB1 e três Jardins-de-infância: EB1 da Azaruja; EB1 da Frei Aleixo; EB1 dos Canaviais; EB1 da Vista Alegre, Jardins-de-infância da Cruz da Picada; CAIE (Centro de Actividades Infantil de Évora) e o Centro Infantil Irene Lisboa.

Os novos aderentes foram contemplados também com kits de jardinagem e, no caso do CAIE ao não ter canteiros no seu espaço foi-lhe concedido um canteiro no Alto de São Bento para construir um canteiro de ervas aromáticas. 

A todas as escolas e jardins-de-infância a Câmara fornece sementes e plantas que estão disponíveis no viveiro municipal, também fornece composto do centro de compostagem municipal quando solicitado e as necessidades o impõem.

Os produtos obtidos nas hortas biológicas são confeccionados nas cantinas escolares para alimentação dos meninos. Exemplos: favas, ervilhas, alfaces couves, espinafres nabiças, coentros, salsa, e hortelã. 

O PES comemorou o Dia Mundial da Floresta, tanto na semana antecedente como no próprio dia, com vários eventos em escolas EB 1, exemplo de que foi a da Azaruja onde houve plantação de vários arbustos com os alunos; a EB 1 do Frei Aleixo com a fixação de uma placa de identificação com o nome vulgar e cientifico da árvore (Mélia) que foi plantada pelos os alunos na altura correspondente, e proporcionou à EB I da Malagueira vários tipos de plantas para o jardim-de-infância simbolizar a data. 

 No dia 21 de Março de 2010 a Câmara de Évora e a EB 2/3 de Santa Clara fizeram uma plantação de Sobreiros e Azinheiras na Ecopista, tendo sido plantado um sobreiro para simbolizar o Centenário da República. 

O PES também faz o acompanhamento das Eco-escolas nos seus programas e o Projecto Embelezamento dos Espaços Exteriores e Hortas Biológicas faz parte do plano das Eco-escolas e quando solicitado fornece equipamentos disponíveis que a autarquia eborense tem em armazém como papeleiras, ecopontos, ninhos de aves e casas de morcegos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *