Santarém, Sociedade

Salve o Seu Coração sensibiliza seniores em Santarém

A Universidade da Terceira Idade de Santarém promove uma sessão de esclarecimento sobre as arritmias cardíacas, integrada na campanha Salve o Seu Coração, no próximo dia 3 de Maio, pelas 16 horas, na Casa de Portugal e de Camões, Av. António Maria Baptista, em Santarém. A iniciativa gratuita destina-se a todos os alunos da Universidade e a todas as pessoas que queiram participar.
 
A sessão de esclarecimento terá como orador o Dr. Vítor Martins, Cardiologista no Hospital de Santarém, e tem por objectivo alertar os portugueses para os perigos da morte súbita e da sua ligação com as arritmias cardíacas, explicando os principais factores predisponentes, sintomas e doenças associadas de forma a promover a sua prevenção. As inscrições podem ser feitas através do e-mail geral@mortesubita.com
De acordo com o Dr. Vítor Martins, “a morte súbita é, por definição, aquela que ocorre inesperada e subitamente, sem sinais de trauma ou violência, em qualquer indivíduo, independentemente da sua idade ou género. As vítimas de morte súbita cardíaca sem socorro imediato morrem em 90% a 95% dos casos. Estima-se que 27 pessoas por dia seja vítima de morte súbita”.
 
O cardiologista acrescenta que “sintomas como dores no peito, palpitações ou perdas de consciência podem ser resultantes de uma arritmia cardíaca que, se tratada atempadamente pode evitar a morte súbita. É, portanto, necessário que a população e os profissionais de saúde conheçam bem os riscos desta doença, para melhor a prevenir”.
 
A morte súbita cardíaca é uma perda súbita do pulso e da consciência causada por uma falha inesperada da capacidade do coração bombear eficazmente o sangue para o cérebro e para todo o corpo. Geralmente é causada por arritmias potencialmente fatais e anomalias no sistema eléctrico do coração. 
A Campanha Salve o Seu Coração é uma iniciativa conjunta da Associação Portuguesa de Arritmologia, Pacing e Electrofisiologia (APAPE) e a Associação Portuguesa de Médicos de Clínica Geral (APMCG). Para mais informações consulte o site www.mortesubita.com.pt

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *