Arouca, Sociedade

Geopark Arouca comemora 1º ano como membro das EGN/GGN da UNESCO.

O Geopark Arouca celebra, na próxima 5ª feira – dia 22 de Abril, o primeiro aniversário da integração nas Redes Europeia e Global de Geoparks, sob os auspícios da UNESCO.
Para comemorar esta data, a AGA – Associação Geoparque Arouca irá dinamizar a actividade “Arouca Geopark em directo com a EGN”, que consiste na interacção, em directo, com o Coordenador da EGN (Rede Europeia de Geoparks), Nickolas Zouros e sua Equipa do Geopark de Lesvos – Grécia.
Esta acção terá lugar no próximo dia 22 de Abril, pelas 15h00, no Museu Municipal de Arouca.
Venha festejar o 1º aniversário do Geopark Arouca, enquanto membro das EGN/GGN. A entrada é gratuita.
Programa
Abertura 15h00
– Presidente da CMA – Comunicação
– Presidente da AGA – Comunicação
– Coordenador da EGN – Comunicação “The European Geoparks role in the Earth Planet” (vídeo Conferência)
– Coordenador Científico do Geopark Arouca – Apresentação das actividades do Arouca Geopark (1º ano como Membro da Rede Europeia Geoparks)
– Alunos do 12º Ano B – Escola Secundária de Arouca: Apresentação de trabalhos científicos
– Geo-brinde
 
Um ano depois, o balanço efectuado pela AGA – Associação Geoparque Arouca, entidade responsável pela gestão do Geopark Arouca, é positivo. “Vamos dar continuidade ao trabalho desenvolvido nos últimos anos, no sentido de tornar o Geopark Arouca num espaço de referência ao nível nacional e internacional, em termos de geo-educação e geo-turismo. Temos uma estratégia bem definida composta de um plano de acção que está a ser implementado e monitorizado em prol do desenvolvimento sustentável deste território. Actualmente, o Geopark Arouca oferece aos seus visitantes um conjunto de programas educativos e turísticos de alta qualidade, num espaço natural único e classificado pela UNESCO”, refere António Carlos Duarte, coordenador executivo da AGA.
 
Estruturado em 3 eixos de intervenção – a geo-conservação, a educação para o desenvolvimento sustentável e o turismo – o Geopark Arouca, o único Geopark existente na região Norte de Portugal e o segundo no país, tem vindo a afirmar-se como uma alavanca para o desenvolvimento turístico da região. Sinal disso é o número crescente de visitantes verificado pela afluência ao Posto de Turismo e pelo aumento da taxa de ocupação dos restaurantes e unidades de alojamento existentes no município de Arouca. Os programas educativos, uma aposta forte desde a génese do Geopark, dão também prova da vitalidade e dinamismo deste primeiro ano, tendo registado desde a sua adesão às referidas redes a participação de cerca de 5000 alunos e 450 professores oriundos de todo o país.
O Geopark Arouca, com uma área de 328Km2, dispõe de 41 geossítios – sítios com interesse geológico – referenciados e classificados, o que alude ao excepcional património geológico desta região, com destaque para as Trilobites gigantes de Canelas e as Pedras Parideiras da Castanheira localizadas em plena serra da Freita. Este singular património geológico é, ainda, enriquecido com um relevante património arqueológico, natural, arquitectónico e cultural, de que são exemplos o Mosteiro de Arouca, que alberga uma das mais importantes colecções privadas de arte sacra, o rio Paiva e a serra da Freita, verdadeiros santuários de natureza.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *