Penafiel, Sociedade

Da cultura à gastronomia, para “sentir” o 25 de Abril em Penafiel

O Concelho de Penafiel comemora os 36 anos da revolução dos cravos com diversas iniciativas culturais, lúdicas, musicais e até gastronómicas. 

  “ Salazar e o estado novo – iconografia e propaganda”, é o nome da exposição documental, que está patente na Biblioteca Municipal durante todo o mês de Abril, mas com visita guiada no dia 24 às 18h00. 

A Hora do conto “ 25 de Abril quase como um conto de fadas” – é outra das iniciativas da Biblioteca Municipal, durante todo o mês de Abril às 10 horas (por marcação). 

Porque a criatividade é uma das melhores ferramentas ao serviço da cultura, nada melhor que uma actividade que espelhe precisamente isso. “ Vamos pintar um muro da revolução” – pretende estimular a criatividade e a interactividade entre os participantes e promover o conhecimento dos símbolos relacionados com a revolução de Abril,a não perder na Biblioteca Municipal (Abril, 3ª e 5ª, 14h30 por marcação) 

A música não ficou de fora das comemorações e o Museu Municipal também não.

Dia 24 e Abril às 21.30, pode-se assistir, no museu ao concerto Grupo Guitarras de Penafiel. 

Ainda no Museu, porque não aliar a gastronomia à comemoração do 25 de Abril, sob o tema Doce revolução, que no âmbito da iniciativa “Ao Domingo no Museu” – Actividades destinadas às famílias e público em geral vai dar a provar, no dia 25 de Abril, pão-de-ló, além ser possível elaborar cravos em papel e participar em jogos didácticos em torno do 25 de Abril. 

Finalmente, o Salão Nobre da Câmara Municipal de Penafiel, recebe no Domingo, dia 25 a sessão solene das comemorações da revolução dos cravos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *