Desporto

Voleibol: João José mais perto da Final

O VFB Friedrichshafen, de João José, pode confirmar, na quarta-feira, a passagem à Final da Bundesliga 1, depois de ter vencido, na capital alemã, o SCC Berlin por 3-1 (25/23, 19/25, 25/19 e 33/31), no segundo jogo das meias-finais do campeonato germânico. 

O central português contabilizou 12 pontos (10 ataques e 2 blocos).

No primeiro jogo, o VFB Friedrichshafen, actual campeão nacional, tinha vencido por 3-1, bastando-lhe mais um triunfo para conquistar o direito de defender o seu título diante do vencedor da eliminatória entre o Generali Haching e o Evivo Duren. 

O Stade Poitevin Volley-Ball Pro, de Carlos Teixeira, manteve o 4.º lugar na classificação da Liga Francesa, após vencer, por 3-1 (22/25, 25/22, 25/20 e 25/22) o Ajaccio.

No 5.º lugar continua o Beauvais Oise Université Club, de Nuno Pinheiro, que derrotou (3-1: 25/20, 25/23, 25/22 e 19/25) o Avignon.

Bem pior esteve o Club Alès en Cevennes Volley-Ball, de Eurico Peixoto, que perdeu, fora, por 1-3 (23/25, 25/19, 18/25 e 18/25), com o Tours e desceu ao 16.º e último lugar.

O zona 4 português  facturou 6 pontos.

Em femininos, o Pays d’Aix Venelles Volley-Ball, de Catarina Martins, mantém-se no 3.º lugar da classificação da Poule C do Nationale 2, após ter batido, pela margem máxima (25/19, 25/11 e 25/18), o Volley-Ball Romanais. 

Na Bélgica, o Noliko Maaseik, de André Lopes, desceu ao 2.º lugar da classificação do Play-off disputado pelos seis primeiros classificados da 1.ª fase, depois de ter sido surpreendido (1-3: 14/25, 25/17, 23/25 e 26/28), em casa, pelo Knack Randstad Roeselare.

Por seu turno, o Group D’Arte Averbode, do luso-brasileiro Frederico Siqueira, perdeu, em casa, com o Aquacare Halen por 1-3 (16/25, 23/25, 25/20 e 17/25), mas continua a ocupar o 4.º lugar.

Noliko e Averbode defrontam-se na quarta-feira. 

Em Itália, o CoprAtlantide Piacenza, de Valdir Sequeira, foi afastado da luta pelo título nacional, ao perder, por 0-3 (18/25, 22/25 e 19/25), com o Bre Banca Lannutti Cuneo, no terceiro e último jogo dos quartos-de-final.

Recorde-se que em Itália, França e Bélgica as vitórias por 3-0 e 3-1 são recompensadas com 3 pontos; o triunfo por 3-2 soma 2 pontos; a derrota por 2-3 vale um ponto e as derrotas por 1-3 ou 0-3 não dão direito a amealhar qualquer ponto.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *