Desporto, Oliveira de Azeméis

Maratona BTT com partida na Praça da Cidade – Oliveira de Azeméis

A maratona BTT «Cidade de Azeméis», a disputar este domingo, vai levar os concorrentes a percorrer 60 quilómetros de trilhos, anunciou fonte da autarquia.

A prova – que inclui também a meia maratona numa distância de 35 quilómetros – é uma organização conjunta da Câmara de Oliveira de Azeméis, secção de BTT do Grupo Juvenil do Pinheiro da Bemposta («Playbikers») e Fundação La Salette.

A organização promete aos atletas a passagem por «paisagens deslumbrantes rasgadas por trilhos, ora rolantes ora técnicos» e ainda por «imensos pontos de interesse histórico e arquitectónico» num «inovador percurso em forma de oito com passagem intercalar pela meta».

Os concorrentes da segunda edição desta prova terão de vencer trilhos de dificuldade média/alta que, no ponto mais alto, atingirão quase os 400 metros de altitude.

O percurso, com subidas e descidas radicais, permitirá visualizar paisagens constituídas por montanhas, vales e riachos.

«Tudo se conjuga para o máximo prazer de pedalar qualquer que seja a distância escolhida», afirmam os organizadores, que falam em «competição e velocidade de um lado» e «prazer e emoção do outro».

A concentração é na Praça da Cidade e as duas competições realizam-se entre as 09:00 e as 15:00, não estando abertas à participação de menores de 16 anos.

Segundo o regulamento, a maratona tem como tempo limite para a sua conclusão seis horas após a partida, estando os atletas obrigados a «ultrapassar a barreira dos 35 quilómetros percorridos antes das quatro horas da prova sob pena de ficarem impedidos de continuar».

A competição, que será disputada por 300 atletas, tem como objectivo aumentar o número de praticantes de BTT através da promoção da modalidade.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

1 comentário

  1. nao sou maior de 16 anos mas eu e o meu amigo somos viciados a andar de bicicleta andamos todos os dias e fazemos sempre muitos quilometros, e adoravamos entrar. sera que pode abrir uma excepção?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *