Cultura, Santo Tirso

Santo Tirso dá continuadade ao I Ciclo de Música Moderna Portuguesa

Depois do concerto de JP Simões, em Janeiro, que assinalou o arranque do I Ciclo de Música Moderna Portuguesa – iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Santo Tirso – segue-se agora a actuação de Sean Riley & The Slowriders. Dia 20 de Março, às 22h00, o Centro Cultural de Vila das Aves acolhe esta banda naquele que será o segundo momento musical deste Ciclo de Música Moderna Portuguesa. Os bilhetes podem ser adquiridos no local e têm um preço simbólico de 3€.  

A estreia desta banda de Coimbra, composta por Sean Riley (Afonso Rodrigues), Bruno Simões e Filipe Costa, aconteceu em 2007 com a edição de «Farewell»; onze canções que projectaram Sean Riley & The Slowriders como autores de uma das melhores estreias discográficas da história da música produzida em Portugal. A relevância dada a «Farewell» e consequente exposição mediática da banda elevaram a fasquia para o segundo disco e a banda respondeu com um inspirado e aclamado pela crítica «Only Time Will Tell». O primeiro single do álbum, «Houses And Wives» tornou-se num verdadeiro sucesso radiofónico como se pode constatar em http://www.myspace.com/seanrileymusic 

Refira-se que este I Ciclo de Música Moderna Portuguesa promovido pela Câmara Municipal de Santo Tirso termina a 26 de Novembro com duas actuações: a da cantora e pianista alemã radicada em Portugal, Nicole Eitner, e a banda originária de Santo Tirso, Dan Riverman. Com um EP gravado, a música de Dan Riverman é comparada a uma «melancólica travessia de um rio» com a voz de Dan a ecoar «pela alma a fundo» Deste colectivo fazem parte, para além do vocalista, os músicos Rui Materazzi (Baixo), João Cláudio (teclas); André (piano); Pedro Norberto (violino); Valter (violoncelo); Simão Guimarães (guitarra) e Rui Cordeiro (produção). 

O Ciclo de Música Moderna Portuguesa conta com o apoio da “1 bigo”, na produção, e tem como media partners a RUM (Rádio Universitária do Minho), o Entre Margens, o Jornal de Santo Thyrso, o Jornal Académico, a Santo Tirso TV, a Stop Motion e a Fenther Net.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *