Arouca, Desporto, Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Porto, Póvoa de Varzim, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Trofa, Vale de Cambra, Valongo, Vila do Conde, Vila Nova de Gaia

Voleibol: Nuno Pinheiro distribuiu 6 pontos

Não foi um bom fim-de-semana para os atletas portugueses que estão ao serviço de clubes estrangeiros. Apenas o Beauvais e o Averbode subiram na classificação, havendo uma série de descidas, pese embora o sensacional triunfo do Alès sobre o Paris Volley, um dos históricos franceses. O distribuidor Nuno Pinheiro esteve em evidência ao contabilizar 6 pontos (3 blocos, 2 ataques e 1 serviço) na vitória do Beauvais Oise Université Club diante do Rennes, por 3-2 (25/21, 21/25, 23/25, 25/22 e 15/11). O Beauvais subiu do 7.º ao 5.º lugar na classificação da Liga A francesa, mas conta com mais um jogo disputado. Menos sorte teve o Club Alès en Cevennes Volley-Ball, de Eurico Peixoto, que desceu ao 15.º lugar, apesar de ter derrotado (3-2: 25/19, 25/15, 15/25, 21/25 e 16/14) o Paris Volley. O zona 4 português somou 4 pontos. Por seu turno, o Stade Poitevin Volley-Ball Pro, de Carlos Teixeira, desceu ao 4.º lugar, após ter perdido (0-3: 26/28, 16/25 e 19/25) no recinto do Tours, o líder isolado do campeonato. Em femininos, o Pays d’Aix Venelles Volley-Ball, de Catarina Martins, venceu o Istres Ouest Provence por 3-1 (25/14, 25/17, 21/25 e 25/20) e mantém-se no 3.º lugar na classificação da Poule C do Nationale 2. O Noliko Maaseik, de André Lopes, que recentemente ergueu a Taça da Bélgica pela quarta vez consecutiva, perdeu, pela margem mínima (2-3: 25/18, 25/18, 26/28, 17/25 e 10/15), no recinto do Top Volley Precura Antwerpen e classificou-se no 2.º lugar na 1.ª fase da Liga Belga. No próximo fim-de-semana, a equipa do zona 4 português vai defrontar o Group D’Arte Averbode, do luso-brasileiro Frederico Siqueira, na primeira jornada do Play-off disputado pelos seis melhores classificados da 1.ª fase. O Averbode assegurou o sexto lugar mercê do triunfo, alcançado fora de portas, sobre o Euphony Asse-Lennik, quarto classificado: 3-0 (25/22, 25/20 e 25/22). Em Itália, o CoprAtlantide Piacenza, de Valdir Sequeira, desceu ao 6.º lugar classificativo da Liga A1, com o mesmo número de pontos dos 4.º e 5.º classificados, respectivamente, o Modena e o Macerata, depois da derrota averbada em Treviso, diante da Sisley: 0-3 (21/25, 26/28 e 23/25). Recorde-se que em Itália, França e Bélgica as vitórias por 3-0 e 3-1 são recompensadas com 3 pontos; o triunfo por 3-2 soma 2 pontos; a derrota por 2-3 vale um ponto e as derrotas por 1-3 ou 0-3 não dão direito a amealhar qualquer ponto. Na Alemanha, disputaram-se as finais da Taça da Alemanha. Em masculinos, o Generali Haching, antiga equipa de Valdir Sequeira, superou o Evivo Duren por 3-2 (21/25, 23/25, 25/14, 25/14 e 15/10), enquanto o Dresdner SC derrotou o VFB Suhl por 3-1 (29/27, 16725, 25/22 e 25/19), em femininos. Assim, não houve campeonato, pelo que só no próximo fim-de-semana é que o VFB Friedrichshafen, de João José, líder invicto da Bundesliga 1, volta a entrar em acção.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *