Oliveira de Azeméis, Tecnologia

«Sénior Virtual» massifica uso das novas tecnologias – Artur Hespanha – Oliveira de Azeméis

O «Sénior Virtual», uma espécie de «Magalhães» para os mais velhos, «vai massificar o uso das novas tecnologias junto dos idosos», afirmou o reitor da Universidade Sénior de Oliveira de Azeméis, Artur Hespanha.

Os alunos de Oliveira de Azeméis foram os primeiros do País a conhecerem de perto o «Sénior Virtual», desenvolvido no âmbito de uma parceria entre RUTIS (Rede de Universidades da Terceira Idade), Microsoft e Inforlândia.

Em declarações à EDV Informação, Artur Hespanha disse que «a iniciativa possibilitará que cada sénior tenha o seu próprio computador».

«As condições especiais na sua aquisição é uma boa medida, mas o óptimo seria que o portátil fosse mais barato», sublinhou.

Este computador portátil – com um custo na ordem dos 500 euros – engloba uma bateria de última geração que o torna mais leve do que o habitual, teclas mais espaçadas, um rato anatómico e conteúdos específicos para idosos.

«Este projecto segue um pouco a filosofia do “Magalhães”, simplesmente não tem a componente de apoio do Orçamento de Estado, o que na minha opinião também deveria ter», referiu o vereador responsável do pelouro da Educação da autarquia, Isidro Figueiredo.

O «Sénior Virtual» foi apresentado em Novembro do ano passado no Congresso Mundial de Envelhecimento Activo, realizado em Santarém.

«Há computadores para as crianças e para os jovens, mas faltava um dirigido aos mais velhos e, por isso, desenhamos um equipamento destinado a este público, com conteúdos e programas específicos», explicou o presidente da RUTIS, Luís Jacob.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *