Oliveira de Azeméis, Tecnologia

Computador sénior virtual apresentado em Oliveira de Azeméis

A Universidade Sénior de Oliveira de Azeméis tomou ontem contacto com o «Sénior Virtual», uma espécie de «Magalhães» para os mais velhos, desenvolvido no âmbito de uma parceria entre RUTIS (Rede de Universidades da Terceira Idade), Microsoft e Inforlândia.

Este computador portátil – com um custo na ordem dos 500 euros – engloba uma bateria de última geração que o torna mais leve do que o habitual, teclas mais espaçadas, um rato anatómico e conteúdos específicos para idosos.

«Trata-se de uma máquina em termos técnicos muito mais potente do que o “Magalhães”, com características específicas para a comunidade sénior», explicou Luís Esparteiro, da Inforlândia, empresa que desenvolveu o hardware.

«Neste momento, é o único computador no mercado destinado a esta população-alvo», sublinhou.

O projecto foi apresentado em Novembro do ano passado no Congresso Mundial de Envelhecimento Activo, realizado em Santarém.

«A iniciativa representa uma base de partida para o acesso universal das tecnologias a um público que era mais renitente em aderir», disse Rodolfo Oliveira, da Microsoft, empresa responsável pelo software.

Os alunos de Oliveira de Azeméis foram os primeiros do País a conhecerem de perto o «Sénior Virtual», durante uma sessão hoje realizada na Escola Superior de Enfermagem da Cruz Vermelha Portuguesa.

«Há computadores para as crianças e para os jovens, mas faltava um dirigido aos mais velhos e, por isso, desenhamos um equipamento destinado a este público, com conteúdos e programas específicos», disse o presidente da RUTIS, Luís Jacob.

«Hoje demos em Oliveira de Azeméis o pontapé de saída. A partir de agora, vamos começar a divulgar os computadores por todas as universidades seniores do Pais», acrescentou.

Criada em 2005, a RUTIS abrange 145 universidades, onde estão inscritos cerca de 22 mil alunos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *