Arouca, Desporto, Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Porto, Póvoa de Varzim, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Trofa, Vale de Cambra, Valongo, Vila do Conde, Vila Nova de Gaia

Dia de estrelas

O destaque do fim-de-semana, no que diz respeito aos clubes onde actuam atletas portugueses, vai para a subida do CoprAtlantide Piacenza, de Valdir Sequeira, ao 3.º lugar classificativo na Liga A1 de Itália.

A equipa do oposto português venceu (3-1: 25/17, 25/21, 21/25 e 25/16) na recepção ao Yoga Forlí e subiu aos lugares cimeiros do principal campeonato transalpino. 

Por seu turno, o Stade Poitevin Volley-Ball Pro, de Carlos Teixeira, está isolado no 2.º lugar da Liga A francesa após ter acertado o seu calendário.

A formação do libero português foi vencer ao recinto do Paris Volley por 3-1 (25/22, 26/24, 25/27 e 25/21) e está isolada no 2.º lugar classificativo da Liga A, apesar de ter perdido (0-3: 17/25, 24/26 e 27/29) o jogo que tinha em atraso com o Tourcoing, 4.º classificado. 

Igualmente em jogo a contar para a Liga francesa de masculinos, o Beauvais Oise Université Club, de Nuno Pinheiro, derrotou, em casa, (3-1: 23/25, 25/23, 26/24 e 32/30) o Tourcoing e manteve o 7.º lugar classificativo, tendo ainda um jogo por disputar.

O Club Alès en Cevennes Volley-Ball, de Eurico Peixoto, desceu para a 15.ª posição classificativa após ter perdido (1-3: 25/22, 22/25, 20/25 e 17/25) com o Narbonne. 

Em femininos, o Pays d’Aix Venelles Volley-Ball, de Catarina Martins, que ocupa o 3.º lugar na classificação da Poule C do Nationale 2, perdeu (2-3: 25/23, 22/25, 26/24, 20/25 e 13/15), em casa, com o Volley-Ball Gruissan. 

Na Liga da Bélgica, o Noliko Maaseik, de André Lopes, venceu (3-2: 25/15, 20/25, 25/18, 21/25 e 15/8), em casa, o PNV Waasland Kruib-Nieuwk e manteve o segundo lugar, mas agora a um ponto do líder, o rival Knack Randstad Roeselare, que venceu o Argex Duvel Puurs pela margem máxima.

Por seu turno, o Group D’Arte Averbode, do luso-brasileiro Frederico Siqueira, perdeu (0-3: 19/25, 23/25 e 21/25) no recinto do Axis Shanks Guibertin e mantém-se no 6.º lugar classificativo do principal campeonato belga. 

Recorde-se que em França, Itália e Bélgica as vitórias por 3-0 e 3-1 são recompensadas com 3 pontos; o triunfo por 3-2 soma 2 pontos; a derrota por 2-3 vale um ponto e as derrotas por 1-3 ou 0-3 não dão direito a amealhar qualquer ponto. 

Na Alemanha, a Bundesliga 1 esteve parada devido à realização do jogo «All Stars», que envolve jogadores alemães e estrangeiros do principal campeonato germânico. O libero Markus Steverwald foi o único jogador do VFB Friedrichshafen, clube de João José, a participar no espectáculo.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *