Sociedade, Trofa

Impacte Ambiental da Variante à EN14 na Trofa em Consulta Pública até 26 de Fevereiro

Começou a 12 de Janeiro, o período de Consulta Pública do Estudo de Impacte Ambiental do projecto da Variante à EN 14 que liga o Nó do Jumbo no Concelho da Maia, ao Nó de Cruz no Concelho de Vila Nova de Famalicão.
 
Todo o processo de Impacte Ambiental do Projecto da Variante à EN 14, pode assim, ser consultado, durante 34 dias úteis, até 26 de Fevereiro por todos os interessados na Agência Portuguesa do Ambiente, na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte e na Câmara Municipal da Trofa, bem como nas restantes autarquias que serão atravessadas por esta nova via – Maia, Santo Tirso e Vila Nova de Famalicão.
 
Este é um momento muito importante para o futuro do Concelho da Trofa já que a construção desta Variante vai retirar do Centro da Cidade da Trofa os milhares de automóveis que diariamente o atravessam, permitindo assim descongestionar as principais estradas da cidade e do Municipio.
 
Dada a importância crucial desta obra que vai mudar a realidade local, a Presidente da Câmara Municipal da Trofa, Joana Lima, apela aos trofenses que participem activamente nesta Consulta Pública de forma a ajudarem na construção do futuro do concelho e a desenvolverem uma cidadania activa, para terminar com a realidade actual que causa grandes congestionamentos no trânsito local, e consequentemente prejudica profundamente a qualidade de vida dos Trofenses.
 
Forma de participação dos cidadãos
 
No âmbito da consulta pública serão consideradas e apreciadas todas as opiniões  e sugestões apresentadas por escrito, desde que relacionadas com o projecto em avaliação. As exposições devem ser dirigidas ao Director-Geral da Agência Portuguesa do Ambiente, até à data do termo da consulta pública.
 
A Agência Portuguesa do Ambiente enquanto Autoridade de Avaliação de Impacte Ambiental tem disponível para consulta publica o Estudo de Impacte Ambiental, incluindo o resumo não técnico nas Câmaras Municipais da Trofa, Vila nova de Famalicão, Santo Tirso e Maia, assim como na CCDR Norte e na Agência Portuguesa do Ambiente.
 
O Resumo não Técnico pode ser consultado nas Juntas de freguesia de: S. Mamede do Coronado, S. Martinho de Bougado, Santiago de Bougado, Covelas e Muro do concelho da Trofa e em varias outras dos outros concelhos…estando ainda disponível em www.apambiente.pt
 
Para a presidente da Câmara Municipal da Trofa, Joana Lima, a reivindicação da construção urgente da variante à EN 14 sempre foi um factor decisivo para que a Trofa pudesse concretizar uma trajectória de crescimento económico sustentável. A construção da Variante à Estrada Nacional 14, que atravessa a Trofa, é por isso de importância primordial para o desenvolvimento da região, até pela grandeza do investimento em causa, cerca de 200 milhões de euros.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

2 comentários

  1. mas afinal estamos em abril de 2011 e onde estao as obras dessa variante….venho as vezes procurar noticias deste tema e sao sempre as mesmas de janeiro de 2010….o que se passara ???

  2. A MESMA MERDA D SEMPRE ALVARO…esse projeto ja vai com quase vinte anos ainda andava eu na primária e ja acabei o ensino superior!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *