Arouca, Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Porto, Póvoa de Varzim, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Sociedade, Trofa, Vale de Cambra, Valongo, Vila do Conde, Vila Nova de Gaia

Mercado da decoração compotencial em Angola

Com aproximadamente 15 mil metros quadrados de área expositiva, cerca de 250 expositores, desde fabricantes, representantes, distribuidores até criadores, preparam-se para o primeiro momento comercial do ano. A INTERDECORAÇÃO – Casa Hotelaria, Decoração e Brinde acontece de 28 a 31 de Janeiro (quinta-feira a domingo), na EXPONOR. A oferta é variada, passando pela arte da decoração, mesa, cozinha, têxteis-lar, produtos de festa, presente, bijutaria e acessórios de moda.  

Internacionalização abre a porta a novos mercados

A internacionalização abre a porta às empresas portugueses a novos mercados. No caso dos empresários portugueses, Angola é um dos mercados de eleição. Determinada a continuar ao lado dos seus expositores, a EXPONOR – Feira Internacional do Porto já elencou no calendário internacional 2010 vários momentos comerciais a realizar na FIL – Feira Internacional de Luanda, dando assim seguimento ao protocolo de cooperação entre a Associação Empresarial de Portugal (AEP) e a congénere angolana para a organização conjunta de feiras. Continuando a decoração a ser um sector proeminentemente exportador, faz todo o sentido que uma das exposições a realizar em Angola abranja os segmentos de casa, mobiliário, decoração, iluminação e têxteis-lar. «Angola é um dos mercados de eleição dos empresários portugueses. A decoração tem potencial, como já conferimos no terreno e atestam alguns estudos», refere Francisco Marcos, director da INTERDECORAÇÃO. Dados de um estudo desenvolvido pela AEP – Associação Empresarial de Portugal (consultar em www.interdecoracao.exponor.pt) revelam que ao nível dos principais mercados de destino das exportações do sector continua a destacar-se o mercado angolano. De evidenciar ainda, pode ler-se no mesmo documento, o facto de Angola constituir o «segundo parceiro mais importante fora do espaço europeu, logo a seguir aos Estados Unidos da América», o que mostra que as empresas portuguesas parecem estar a aproveitar o potencial de crescimento deste mercado.

Uma das empresas que já trabalha o mercado angolano e vai estar presente na INTERDECORAÇÃO 2010 é a D.KT, que actua no mercado de prendas e acessórios. Lídia Caldeira, uma das responsáveis, acredita que a internacionalização é «condição necessária para o reforço da posição e competitiva». Já para a LASA (segmentos dos têxteis-lar e decoração), que opera em vários palcos internacionais, a internacionalização, subscreve João Costa, «representa 80% da sua capacidade exportadora». 

Espaços de eleição

O Creative Design (em estreia), o Check-in Hotel e o Espaço Escola (em repetição) são as apostas para a 12.ª edição da INTERDECORAÇÃO. As novidades surgem com o objectivo de apoiar a criatividade e a inovação das empresas fabricantes portuguesas, criando espaços com identidade, sendo que no caso do Creative Design a dinamização estará a cargo da Associação Industrial de Cristalaria, que dará a conhecer, pela primeira vez, a oferta de alguns dos seus associados. Nos espaços que renovam a participação, para além das propostas dos alunos finalistas de design das várias instituições de ensino do Espaço Escola, juntam-se à hotelaria do Check-in Hotel as sessões de “show-cooking”, dinamizadas por alguns restaurantes que aderiram à iniciativa. Workshops, sessões de show cooking, demonstrações e exposição de trabalhos de jovens finalistas constituem assim algumas das iniciativas que integram o cartaz de actividades paralelas da INTERDECORAÇÃO 2010. Leia toda a informação em www.interdecoração.exponor.pt.  

ACTIVIDADES PARALELAS

INTERDECORAÇÃO 2010

28 a 31 de Janeiro

◙ “Check-in Hotel InLove”

Org.: EXPONOR/Portuguese Business

Local: Pav. 4

Soluções integradas para renovar e decorar espaços de hotelaria continua a ser a aposta do Check-in Hotel. É um espaço de eleição, onde são apresentadas novas abordagens de acolhimento e lazer, de paladares e de experiências.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *