Arouca, Desporto, Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Porto, Póvoa de Varzim, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Trofa, Vale de Cambra, Valongo, Vila do Conde, Vila Nova de Gaia

Portugueses com sortes diferentes

Os portugueses envolvidos nas competições europeias tiveram sortes diferentes. Em seis jogos, os clubes onde actuam atletas lusos somaram apenas duas vitórias. 

Na Liga dos Campeões, os alemães do VFB Friedrichshafen, de João José, venceram pela margem máxima (3-0: 25/20, 25/19 e 25/15) os gregos do Panathinaikos Athens e asseguraram o primeiro lugar na Poule E, qualificando-se para o Play-off de 12 equipas, a uma jornada do fim da fase de grupos.

João José contabilizou 9 pontos, distribuídos pelo ataque (7) e pelo bloco (2).

No pólo oposto estão os italianos do CoprAtlantide Piacenza, de Valdir Sequeira, que perderam (2-3: 25/18, 19/25, 25/19, 19/25 e 11/15) no recinto dos polacos do Jastrzebski Wegiel SA e que agora ocupam o 4.º e último posto classificativo.

Igualmente na Liga dos Campeões, mas na Poule C, os belgas do Noliko Maaseik, não obstante os 15 pontos (9 ataques, 5 blocos e 1 serviço) de André Lopes, desperdiçaram uma excelente oportunidade para recuperar o segundo lugar na Poule C ao perderem, em casa (2-3: 25/15, 19/25, 25/12, 22/25 e 12/15), com os austríacos do Hypo Tirol Innsbruck, na penúltima jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.  

Na GM Capital Challenge Cup, os franceses do Stade Poitevin Volley-Ball Pro, de Carlos Teixeira, voltaram a vencer (3-0: 25/14, 25/13 e 25/21) os eslovenos do Salonit Anhovo Kanal e qualificaram-se para os oitavos-de-final.

Em femininos, as açorianas do CD Ribeirense não conseguiram suster o poderio do Samorodok Khabarovsk (1-3: 19/25, 22/25, 25/22 e 16/25) e foram eliminadas, hoje, da Challenge Cup, enquanto as finlandesas do LP Salo confirmaram, ontem, a vitória alcançada no Funchal, superando pela margem máxima (25/14, 25/13 e 25/22) as insulares do CS Madeira e qualificaram-se para os oitavos-de-final. 

Outros resultados da Liga dos Campeões:

Jihostroj Ceske Budejovice-Trentino BetClic, 1-3 (22-25, 18-25, 25-23 e 20-25)

Olympiacos Piraeus-Dinamo Moscow, 3-2 (25-22, 23-25, 25-23, 23-25 e 15-10)

Zenit Kazan-Unicaja Almeria, 3-0 (25-15, 25-20 e 29-27)

LB Marche Macerata-Budvanska Rivijera Budva, 3-0 (25-20, 25-18 e 25-20)

Radnicki Kragujevac-PGE Skra Belchatow, 0-3 (23-25, 28-30 e 23-25)

Asseco Resovia Rzeszow-Paris Volley, 2-3 (25-21, 21-25, 20-25, 25-17 e 10-15)

Istanbul B.Sehir Belediyesi-Ach Volley Bled, 3-0 (25-23, 25-20 e 25-21) 

Em relação aos árbitros portugueses que actuam nas competições europeias: 

Marcelino Tavares – 1.º árbitro no jogo Scavolini Pesaro (Itália)-Vakif Gunes Telekom Istanbul (Turquia), Liga dos Campeões (femininos), hoje. 

Ricardo Ferreira – 2.º árbitro no jogo entre o vencedor do Volksbank Velika Gorica (Croácia)-Astérix Kieldrecht (Bélgica) e o vencedor do Zok Split 1700 (Croácia)-Rote Raben Vilsbiburg (Alemanha), oitavos-de-final da GM Capital Challenge Cup (femininos), no dia 2, 3 ou 4 de Fevereiro. 

Hélio Ormonde – 1.º árbitro no jogo Stade Poitevin Volley-Ball Pró (França)-Chemes Humenne (Eslováquia), nos oitavos-de-final da GM Capital Challenge Cup (masculinos), no dia 9, 10 ou 11 de Fevereiro. 

António Vaz de Castro – 2.º árbitro no jogo do Yamamay Busto Arsizio (Itália)-Schweriner SC (Alemanha), quartos-de-final da Taça CEV (femininos), no dia 16, 17 ou 18 de Fevereiro. 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *