Póvoa de Varzim, Sociedade

Metro – Linha da Póvoa conta com novos veículos, mais cómodos

Desde a passada sexta-feira, 8 de Janeiro, que o serviço expresso da Linha Vermelha do Metro, que serve a Póvoa de Varzim, tem em circulação os novos veículos “tram-train”. A 1 de Fevereiro todas as viagens de serviço desta linha serão operadas por estas novas composições.
Dos 30 “tram-train” adquiridos pela Metro do Porto, entre 16 a 18 vão circular diariamente na Linha Vermelha. Para os utentes, tal mudança significa uma optimização ao nível do conforto e também um aumento no número de lugares sentados. De facto, os “tram-train” têm capacidade para 100 lugares, mais 20 do que cada composição “eurotram”. Para além disso, estas novas composições atingem a velocidade máxima de 100 km/hora e têm uma maior capacidade de aceleração e travagem.
Os “tram-train” caracterizam-se por apresentarem soluções tanto para o transporte urbano como para o suburbano. De facto, os módulos extremos – Tram – permitem uma maior ocupação de passageiros por metro quadrado e apresentam portas amplas. Já os módulos intermédios aproximam-se do conceito de transporte suburbano ao oferecer mais lugares sentados. De forma a tornar a viagem ainda mais confortável, todas as composições dispõem de ar condicionado e de áreas próprias para pessoas com mobilidade reduzida e para o transporte de bicicletas.
A energia usada na tracção eléctrica neste modelo do “tram-train” é parcialmente recuperada durante a frenagem, funcionando os motores como geradores e aproveitando a energia cinética do veículo. Esta energia é devolvida à rede, podendo, assim, ser usada por outros veículos. Prevê-se que do total da energia consumida (30%) possa ser recuperada, com evidentes vantagens a nível económico e ambiental.
O investimento ronda os 115 milhões de euros, valor que inclui a aquisição dos “tram-train” e ainda os custos de manutenção ao longo dos primeiros 5 anos. O preço dos títulos de viagem e das assinaturas mantém-se, assim como os horários.
Os 72 veículos “eurotram”, em circulação desde 2002, vão manter-se em funcionamento, somando-se a estes 30 novos “tram-train”. Assim, a frota da Metro do Porto cresce para um total de 102 veículos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *