Cultura, Trofa

Trofa lança Peça de Cerâmica representativa do Concelho a 13 de Janeiro

A  Câmara Municipal da Trofa criou uma peça de cerâmica, A TROFA, representativa do Município, que será apresentada ao público no próximo dia 13 de Janeiro às 17h00, na Casa da Cultura da Trofa.
 
Esta peça surgiu no âmbito dos ateliês de artesanato e cerâmica que a Câmara Municipal organiza através do Sector de Desenvolvimento Económico e Apoio ao Investidor. 
 
A apresentação da Peça de Cerâmica foi antecipada para quarta-feira, 13 de Janeiro, para que a “Trofa” marque presença na BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa 2010. O Município da Trofa faz-se representar num dos stands presentes na FIL, como autarquia integrante na Área Metropolitana do Porto e como membro da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal. O concelho da Trofa mostra-se assim, ao país como região turística, dando a conhecer os seus valores culturais e gastronomia.
 
Considerada por muitos a “Montra do Turismo Português”, a Bolsa de Turismo de Lisboa, organizada pela FIL, conta a cada edição com milhares de visitantes e é o evento por excelência dos profissionais de turismo, nacionais e internacionais.

A TROFA
 
A Peça de Cerâmica A TROFA é uma figura feminina que enverga trajes alusivos ao trabalho no campo e acessórios em ouro tradicionais da região Entre Douro e Minho. A Boneca enverga, no seu tronco, a Bandeira do Concelho da Trofa, trajando assim todo o seu significado histórico: o azul do manto da Nossa Senhora das Dores e o branco (prata) que é timbre da humildade, da sã consciência, mas também de “abertura a novas ideias e iniciativas”. O Brasão apresenta o verde escuro a simbolizar o extenso terreno cultivável que o concelho ainda possui, onde se destaca uma roda dentada que simboliza o progresso e as actividades económicas, dois ramos de quatro espigas cada um a simbolizar as oito freguesias e as actividades tradicionais ligadas à agricultura, a ponte pênsil, ex-libris da “história monumental”, como “ponte de ligação” entre gerações e comunidades, tendo, em contra-chefe, quatro faixas ondulantes, a azul e branco, que representam todos os cursos de água do Concelho, elementos fecundantes e indiciadores da fertilidade da terra.
 
Carregando uma importância cultural e histórica, A TROFA transporta consigo uma mensagem de esperança, confiança e fé a todos os trofenses:
 
“Transporto em mim o teu sonho, o teu desejo, o teu anseio.
Transporto em mim o passado por ti criado, por ti sustentado, por ti alcançado.
Levo-te comigo para o futuro,
Pelos rios, pelos montes, pelas caminhos e com o vento…
Sinto-te como a água que corre rio abaixo.
Chamo-te do cimo do monte, para que me leves contigo no palpitar do teu coração quando partires pátria acima ou pátria abaixo à procura de novos sabores da vida que lá longe te fazem voltar aos cheiros dos teus jardins, das tuas azenhas, do teu lar.
Escuto o chilrear no verde dos campos, o branco da bravura da sã astúcia do teu povo que se agiganta por ti na teia elaborada da indústria e do comércio com a mão solidária.
E tudo acontece pintado do azul que rega o dourado das searas e o que de ti emana, rumo ao progresso sustentado e por ti arrebatado.
Levo-te comigo. “
 
Assim, a Peça de Cerâmica representa a carga histórica do Concelho da Trofa, um dos mais recentes da República Portuguesa, criado a 19 de Novembro de 1998.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *