Educação, Santa Maria da Feira, Sociedade

Escolas envolvem-se na cooperação com Catió – Sta. Maria da Feira

O projecto «Educação para o Desenvolvimento», destinado à cooperação com a Guiné-Bissau, conta com a participação de sete escolas EB 2,3 do município de Santa Maria da Feira.

As escolas envolvidas são as seguintes: Arrifana, Canedo, Carlos Alberto Ferreira de Almeida, Fernando Pessoa, Milheirós de Poiares, Moisés Alves de Pinho e Paços de Brandão.

O projecto «Educação para o Desenvolvimento» visa prosseguir a experiência de cooperação descentralizada desenvolvida pelo município de Santa Maria da Feira com a cidade guineense de Catió. Vem juntar-se a acções de combate à pobreza local e de apoio às organizações não-governamentais (ONG) que trabalham nos países de expressão portuguesa.

As escolas envolvidas comprometem-se a contribuir para «um ensino de qualidade para todos». Vão organizar campanhas de recolha de livros e material escolar para os alunos de Catió, contribuindo para a constituição de «baús pedagógicos» que serão, depois, enviados para a Guiné-Bissau.

As sete escolas de Santa Maria da Feira também vão acolher exposições e realizar acções de formação sobre cooperação em África. Apadrinharão, ainda, escolas de Catió, estando previsto o envio de cartas a descrever a realidade escolar do município.

O projecto iniciar-se-á, em cada um dos estabelecimentos, com a exposição «Guiné-Bissau: Imagens e Vozes», que será acompanhada por sessões de formação alusivas à realidade escolar e ao quotidiano da Guiné-Bissau.

A EB 2,3 de Arrifana realizou recentemente uma «Feira Solidária», com venda de artigos manufacturados, sendo a receita obtida destinada à compra de livros e de material escolar para Catió.

Catió é a capital da província de Tombali, no sul da Guiné-Bissau. A região é pobre, não tem electricidade e a sua principal actividade económica é o cultivo de arroz.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *