Arouca, Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Porto, Póvoa de Varzim, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Sociedade, Trofa, Vale de Cambra, Valongo, Vila do Conde, Vila Nova de Gaia

Cavaco Silva defende aposta total na criatividade

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, sublinhou na passada sexta-feira em S. João da Madeira que uma aposta forte e decisiva na criatividade é a solução para ultrapassar a crise e garantir a competitividade da economia portuguesa nos mercados internacionais.

«Precisamos de mobilizar todas as nossas forças e de mobilizar a capacidade criativa e inovadora dos portugueses», afirmou o Chefe de Estado, no encerramento da primeira etapa do Roteiro das Comunidades Locais.

Cavaco Silva visitou, durante dois dias, «bons exemplos» na região do Entre Douro e Vouga (EDV) – no norte do distrito de Aveiro -, realçando que da área empresarial ao social e à cultura é possível construir um desenvolvimento baseado nas capacidades locais.

«A inovação é fundamental para aumentar a produtividade», disse o Presidente da República, numa cerimónia que incluiu uma sessão de «encerramento e reconhecimento do mérito dos agentes inovadores». Foram reconhecidos agentes inovadores do EDV em vários domínios: empresas, associações empresariais e instituições de solidariedade social, nomeadamente.

Cavaco Silva considerou que o papel das comunidades locais, enquanto agentes para o desenvolvimento, é «fundamental», pela capacidade que têm de encontrar novas soluções e soluções adequadas ao perfil das suas terras.

O Chefe de Estado salientou que cabe a cada autarquia o papel de dar o impulso inicial ao desenvolvimento de projectos que, por exemplo, aproveitem «os recursos endógenos» dos respectivos concelhos ou regiões.

A «cooperação» no domínio social, a «valorização de produtos agrícolas» e o aproveitamento do património natural – «como é o caso de Arouca com o Geopark» – foram alguns dos exemplos apontados.

O Presidente da República enfatizou que o Roteiro das Comunidades Locais teve – e continuará ter – os objectivos de «difundir os bons exemplos», de estimular as boas iniciativas em curso e, principalmente, de difundir «os sucessos que contribuam para que os cidadãos acreditem» nas potencialidades das suas comunidades e dos país.

Castro Almeida, o presidente da Câmara Municipal de S. João da Madeira, realçou, por seu lado, que a visita de Cavaco Silva ao EDV também contribuiu «para dar alento e combater o desânimo».

O autarca considerou que «a inovação tem de ser um estado de espírito» e enumerou as acções nesse domínio empreendidas pelo seu governo do município. Como a criação do Centro Empresarial e Tecnológico (CET) e a integração do «empreendedorismo» nos programas lectivos das escolas secundárias da cidade.

Castro Almeida também mencionou a prevista criação de um «centro de indústrias criativas» em parte das antigas instalações da empresa metalúrgica Oliva.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *