Arouca, Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Porto, Póvoa de Varzim, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Sociedade, Trofa, Vale de Cambra, Valongo, Vila do Conde, Vila Nova de Gaia

Relação intermunicipal no Entre Douro e Vouga é «exemplo para o País» – Hermínio Loureiro

A relação intermunicipal predominante no agrupamento de concelhos do Entre Douro e Vouga é «um excelente exemplo para o País», defendeu o novo presidente da Associação de Municípios das Terras de Santa Maria (AMTSM), Hermínio Loureiro.

Em declarações à EDV Informação, Hermínio Loureiro destacou a forma como os municípios de Arouca, Oliveira de Azeméis, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira e Vale de Cambra «têm trabalhado em conjunto para resolver os problemas das pessoas».

Este modelo de associativismo – considerou – «teve um papel importante no passado e é também relevante para o futuro, nomeadamente no aproveitamento dos fundos comunitários através do QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional)».

Segundo o presidente da AMTSM, que sucede no cargo a Alfredo Henriques (autarca em Santa Maria da Feira), a estrutura intermunicipal vai continuar a direccionar o seu trabalho «na resolução de problemas comuns em diferentes sectores, muito relacionados com a melhoria da qualidade de vida – onde sobressaem as questões ambientais – e que têm muito a ver com o desenvolvimento integrado dos municípios».

«Importa fortalecer, cada vez mais, esta relação intermunicipal e continuarmos a ser um excelente exemplo para o País», disse.

Hermínio Loureiro lembrou ainda «as enormes potencialidades» deste sub-espaço regional – como o turismo, o desenvolvimento social ou a vocação exportadora – «que convêm preservar».

O conselho directivo da AMTSM para os próximos dois anos, constituído no início desta semana, além de Hermínio Loureiro (autarca em Oliveira de Azeméis), integra dois vogais: Castro Almeida (autarca em S. João da Madeira) e José Bastos (autarca em Vale de Cambra).

A mesa da assembleia intermunicipal mantém a presidência nas mãos de José Artur Neves (autarca em Arouca), que conta com Teresa Vieira (autarca Santa Maria da Feira), nas funções de vice-presidente, e Elisabete Rocha (autarca Vale de Cambra), como secretária.

Este órgão é composto por 15 elementos, três de cada concelho.

A AMTSM foi constituída por escritura pública a 12 de Setembro de 1985 pelos municípios de Oliveira de Azeméis e S. João da Madeira, onde actualmente tem a sua sede.

O concelho de Vale de Cambra aderiu em 1993, seguindo-se, em 2000 Arouca e Santa Maria da Feira.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *