Arouca, Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Porto, Póvoa de Varzim, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Sociedade, Trofa, Vale de Cambra, Valongo, Vila do Conde, Vila Nova de Gaia

MARKETING SHOW adquire patente de sucesso

Poucos dias antes do início da primeira edição do Marketing Show –Marketing, Publicidade, Media e Comunicação, já havia indicadores de que a feira, ancorada na Conferência “Sold Out – Tendências e integração no marketing” (esgotada), estava sentenciada ao sucesso.  Durante dois dias (6 e 7 de Novembro), profissionais do marketing, directores de grandes empresas, assessores de imprensa e responsáveis pela área de comunicação e criatividade, bem como estudantes e público em geral, num número aproximado das 20 mil visitas – quiseram ficar a par das últimas tendências e das novidades que fazem a diferença no mercado. «A apetência, a procura e a adesão dos profissionais foram factores premonitores para o sucesso da feira», refere Carla Maia, directora do Marketing Show, avançando que «é uma aposta a repetir».  

Novos caminhos para o Marketing

Perante uma vasta assistência, que esgotou os 945 lugares disponíveis do grande auditório da EXPONOR, os oradores foram surpreendendo e partilhando experiências. A estrear o painel da manhã, Ermanno Aparo, professor do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, falou da importância do design no desenvolvimento dos produtos, seguido de Carlos Brito, professor da Faculdade de Economia do Porto, com o “Marketing das emoções”, referindo que «só se vendem mais produtos, quando se conseguem despertar as emoções», enunciando muitos exemplos como a mota Harley Davidson ou o carro Smart, que mexem com as emoções do consumidor.

Da Alemanha, o CEO da Scetcommunication, Robert Mueller, apelou a um dos cinco sentidos: o olfacto, com o tema “Marketing olfactivo” – uma intervenção que originou muita procura ao stand da empresa AYSENSI.

Regressando a Portugal, Luís Rasquilha, vice-presidente da AYR Consulting, perguntou: Qual a solução para a crise?, desafiando todos os presentes a retirar o “s” à palavra crise, encontrando assim  a resposta: Crie! E se o tema de Rasquilha “Art – Empreendedores e Inovadores ao Serviço do Marketing” encerrou os trabalhos do período da manhã, Paula Antunes Pereira, dos CTT, iniciou à tarde, com o tema “Novos Sentidos do Marketing Directo”. O Kynote speaker Carlos Coelho, responsável pela renovação, entre outras, da imagem da TAP, da Pluma e da SATA, explicou a importância do envolvimento do consumidor, como um dos factores determinantes para o «poder das marcas». Já Daniel Sá, director do IPAM Matosinhos, que desenvolveu o tema “Marketing Fans”, fez um paralelismo aos clubes de futebol: «Se as marcas conseguirem ser amadas como um adepto ama o seu clube, o sucesso está garantido». A relevância das redes sociais, numa “Comunicação da Era Digital”, foi o tema desenvolvido por Ricardo Clemente, da OgilvyOne.

As intervenções finais estiveram a cargo de Fátima Marcos, directora da MAGMA, e António Galvão Lucas, CEO do grupo Dot One, com os temas: “Single – Um novo segmento” e “A Era Digital: Novos Paradigmas na comunicação entre marcas e clientes!”, respectivamente.  

Expectativas ultrapassadas

Como em qualquer ramo de actividade, outro barómetro que mede o sucesso de um negócio é a satisfação do cliente. No caso do Marketing Show, os expositores viram as suas expectativas serem largamente excedidas. A Samsung, presente no espaço Excelence Brands, captou a atenção de alguns directores de empresas que procuravam o que «existe de futuro para o mercado da publicidade», tendo, diz Carlos Botão, da Samsung, «criado uma série de oportunidades de negócio». Para tal muito contribuiu a selecção que trouxe, num rol de 80 produtos de publicidade exterior apostou numa oferta que fez sobressair uma forte interactividade com as pessoas.

`Sentia-se à distância o aroma que emanava da AYSENSI, por isso não foi difícil depreender que muitos dos visitantes fossem atraídos por este nova forma de comunicar – o Marketing Olfactivo. O “aroma “ foi lançado por Robert Mueller, na Conferência que contou também com Filipa Couto, da AYSENSI, referindo que «faz todo o sentido estar presente numa feira que apresenta as últimas tendências». Os visitantes conseguiram imprimir ainda maior dinâmica à sua área de negócio. «O Robert foi para a Alemanha pensar numa maneira de aplicar o aroma a uma bicicleta», de forma a dar resposta a um dos inúmeros pedidos que recebemos».

«Parceiros no negócio e no sucesso». Está é uma máxima que Bruno Vidigal, da Bact3ria e Paulo Gameiro, da DCR, retiram do projecto que trouxeram ao Marketing Show. Com o trabalho de casa realizado, o sucesso estava garantido e na feira as conquistas foram muitas. «Fomos convidados para fazer um workshop aqui numa escola», diz Bruno Vidigal, alcançando um dos principais objectivos com a sua presença, estabelecer contacto com um público diversificado, sobretudo estudantes, que representam o futuro do sector: «Há que apostar na formação destes profissionais», não se cansa de repetir. Desta parceria, adiantou o responsável da DCR, resultou «uma paragem obrigatória na Madeira, para divulgarmos e apresentarmos os nossos produtos», um contacto conseguido na feira, dos muitos que receberam. «O nosso stand foi dos mais concorridos, já estávamos à espera, pois fizemos bem o trabalho de casa», referiu ainda.  

A segunda edição do Marketing Show está garantida, estando em estudo uma data que integre o calendário de feiras da EXPONOR.  

Artigo AnteriorPróximo Artigo

1 comentário

  1. Tive o prazer de comparecer na feira do “Marketing Show” e de facto fiquei bastante surpreendida!!!Sou estudante de Comunicação Empresarial e foi de facto bastante produtivo estar nestas conferências e estar a par das novas formas de podermos “fazer” Marketing!!!
    Para o próximo ano lá estarei!!!!
    Parabéns equipa da Exponor!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *