Santa Maria da Feira, Sociedade

Doar medula para salvar criança de seis anos – Sta. Maria da Feira

O Centro de Atendimento a Toxicodependentes, instalações do Instituto da Droga e Toxicodependência, à saída da auto-estrada e junto ao Feira Nova de Santa Maria da Feira, é o ponto de encontro, no dia 14 de Novembro, para uma acção de angariação de dadores de medula, das 9h30 às 17h00. Matias tem seis anos, sofre de leucemia linfoblástica, está a fazer quimioterapia e precisa de um transplante de medula óssea.  

Nesta campanha “Vamos ajudar o Matias” será feita uma pequena colheita de sangue (cerca de 12 ml) a cada participante, para posteriormente ser avaliado, na esperança de encontrar um dador compatível, bem como aumentar o número de pessoas disponíveis para doar medula, que farão parte de uma lista internacional. Para isso, basta ter entre 18 e 45 anos, peso mínimo de 50 quilos, ser saudável e nunca ter recebido uma transfusão de sangue.  

Paulo Furtado (The Legendary Tiger Man e líder dos WrayGunn), Manuela Azevedo (vocalista dos Clã), Ricardo Azevedo (músico e compositor de Santa Maria da Feira) e Fátima Araújo (jornalista da RTP) associam-se a esta causa.  

“Por uma célula se vive, por uma célula se morre… Troque as voltas ao destino e dê medula”. Fátima Araújo. 

“Há situações em que podemos, realmente fazer a diferença. Esta é uma das mais importantes. Dá”. Paulo Furtado.  

“Um pedacinho de ti pode ser a peça que faltava para salvar uma vida. Dá. Faz diferença!…”. Manuela Azevedo. 

“Todos juntos, vamos conseguir tornar este mundo melhor. Obrigado”. Ricardo Azevedo.  

A campanha “Vamos ajudar o Matias” é organizada pelo Instituto da Droga e Toxicodependência, em parceria com a Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, com o apoio do Centro de Histocompatibilidade do Norte e de várias entidades parceiras.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *