Arouca, Cultura

«Chapéus há muitos» na biblioteca municipal – Arouca

Há gente que vai e vem, que passa, que fica, que saúda. E há gente que traz chapéu. Jorge Monteiro (Cajó), foi fotografando, pela rua, esses chapéus e essas gentes. Ao mesmo tempo, vão aparecendo, nas janelas das fotografias, personalidades públicas, que ficaram imortalizadas nestas imagens, de chapéu. Mário Soares, Fernando Pessa e Jaime Soares são algumas dessas pessoas, que poderá encontrar na exposição «Chapéus há muitos», de Cajó, de 3 a 27 de Novembro, na Biblioteca Municipal de Arouca.
 
Carlos Jorge Monteiro de Almeida (Cajó) nasceu na Sé Nova, Coimbra, no ano de 1953. Iniciou a sua actividade de Fotojornalismo no Jornal «Primeiro de Janeiro» onde trabalhou cerca de vinte anos, período durante o qual colaborou ainda com outros jornais e revistas. Já na década de 90, contribuiu para o relançamento do Jornal «As Beiras», mais tarde com o nome «Diário As Beiras», onde ainda colabora. Actualmente é ‘freelancer’ para vários jornais e revistas. Participou na elaboração do livro de Medalhística de Cabral Antunes (fotografia), obra publicada aquando da homenagem nacional realizada a este grande escultor já falecido. Frequentou o curso de formação de jornalismo promovido pelo Centro Protocolar de Formação de Jornalistas (CENJOR). Tem participado em palestras e colóquios, e é frequente ser júri na área de fotografia. Tem no seu currículo participação em variadas exposições colectivas, bem como individuais com os mais diversos temas. Tem várias fotografias em livros publicados por outros autores.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *