Arouca, Cultura, Oliveira de Azeméis, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira, Vale de Cambra

CULTURA/BREVES

Notícias breves de Cultura sobre acontecimentos marcados para este fim-de-semana no agrupamento de municípios do Entre Douro e Vouga.

AROUCA

Fotografias de Cajó na biblioteca

A Biblioteca Municipal de Arouca tem patente a exposição de fotografias «Chapéus há muitos», com trabalhos de Carlos Jorge Monteiro (Cajó).

«Entre os muitos anónimos que usam chapéu, Cajó descobriu também algumas personalidades públicas que ficaram registadas para sempre: Mário Soares, Fernando Pessa e Jaime Soares são algumas dessas pessoas fotografadas pelo autor», refere a organização.

A exposição, que se prolonga até 27 de Novembro, pode ser vista de segunda a sexta-feira entre as 10:00 e as 18:00.

OLIVEIRA DE AZEMÉIS

Almerinda Santos expõe pintura pela primeira vez

A artista plástica Almerinda Santos expõe, a partir deste sábado, na Biblioteca Municipal Ferreira de Castro, trabalhos seus naquela que é a sua primeira exposição de pintura desde que se começou a dedicar à arte.

Á excepção dos domingos, o público tem uma semana (a mostra encerra no dia 14) para apreciar a exposição que a autora intitulou «Infinito».

A biblioteca está aberta entre as 10:00 e as 19:00 (terça-feira a sábado) e às segundas-feiras entre as 14:00 e as 19:00.

S. JOÃO DA MADEIRA

Espectáculo para crianças nos Paços da Cultura

O Crocodilo Dilo, a Tartaruga Guga, o Hipopótamo Potamo e o Pinguim Guim estão juntos este sábado, a partir das 11:00, num espectáculo a decorrer no auditório dos Paços da Cultura de S. João da Madeira.

Trata-se de um espectáculo para crianças maiores de três anos, sendo que cada uma pode ser acompanhada por dois adultos.

Esta é uma produção do grupo «Passos e Compassos/Dançarte» que promete «momentos muito interessantes e divertidos» ao longo de 45 minutos em que se «trocam passos de dança, descobrem músicas, partilham ideias e criam surpresas únicas aos olhos dos mais novos».

SANTA MARIA DA FEIRA

Homenagem a Amália Rodrigues e ao fado

O salão nobre do Orfeão da Feira é este sábado palco para uma homenagem a Amália Rodrigues e ao fado.

O programa da iniciativa, que começa às 22:00, inclui interpretações de fado de Lisboa – com Maria do Céu Correia, Inês Gonçalves, Fernando Almeida, Deolinda Duarte, Manuel dos Santos (guitarra) e António Cardoso (viola) – e de fado de Coimbra, a cargo de Maria do Céu Correia, Inês Gonçalves, Fernando Almeida, Deolinda Duarte e Manuel dos Santos (guitarra).

A homenagem é organizada pelo Centro de Cultura e Recreio do Orfeão da Feira.

VALE DE CAMBRA

«Cores e Formas Descontínuas» na biblioteca

«Cores e Formas Descontínuas» é o título da exposição, da autoria de Carlos Vilanova e Teresa Pinto, a inaugurar este sábado, pelas 11:00, na Biblioteca Municipal de Vale de Cambra.

De acordo com fonte da autarquia, esta exposição pretende ser «uma mostra de sentimentos mistos, um contar de histórias ou fragmentos das suas histórias pessoais».

A mostra – patente até dia 21 – pode ser vista de segunda a sexta-feira, entre as 10:00 e as 18:00, e aos sábado (10:00-13:00).

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *