Economia, Santa Maria da Feira

Lucro da Corticeira Amorim subiu 60,5 por cento – Sta. Maria da Feira

O resultado líquido da Corticeira Amorim no terceiro trimestre de 2009 cresceu 60,5 por cento para os 5,7 milhões de euros, comparando com os 3,6 milhões de euros registados no período homólogo do passado ano, anunciou fonte da empresa.

«O terceiro trimestre de 2009 ficou marcado por uma recuperação no resultado líquido da Corticeira Amorim, o qual melhorou pelo terceiro trimestre consecutivo», refere a empresa de Mozelos, concelho de Santa Maria da Feira.

A actividade da corticeira continuou, contudo, «condicionada pela incerteza que ainda caracteriza a economia mundial e os seus agentes económicos».

O EBITDA situou-se nos 13,2 milhões de euros, um valor ligeiramente inferior ao registado no terceiro trimestre de 2008.

As vendas atingiram os 103,3 milhões de euros, valor que, apesar de traduzir «uma redução de 11,6 por cento, ilustra uma recuperação da actividade face a trimestres anteriores».

«A melhoria dos resultados líquidos da Corticeira Amorim foi assim sustentada por uma maior eficiência operacional que, conjugada com uma diminuição dos custos financeiros, compensou claramente o impacto negativo criado pela crise internacional», adianta a empresa.

«Apesar do contexto internacional», a empresa «prosseguiu a sua estratégia de diminuição da dívida remunerada, o que impactou positivamente nos resultados líquidos, dada a diminuição dos custos financeiros».

A dívida remunerada líquida, em Setembro de 2009, diminuiu em 68,6 milhões de euros para os 154,7 milhões de euros.

Esta redução de 30,7 por cento «permitiu que a dívida remunerada tenha descido para o valor mais baixo desde 1997 e que a autonomia financeira tenha aumentado para os 44,5 por cento», acrescenta a corticeira.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *