Cultura, Oliveira de Azeméis

Cultura do linho recriada nos claustros do Seminário das Missões – Oliveira de Azeméis

A cultura do linho, uma das mais velhas tradições em Terras de Santa Maria, vai ser recriada em Cucujães, numa homenagem a todos quantos a ela estiveram ligados.

A exposição «Linho» – a inaugurar este sábado nos claustros do Seminário das Missões – pretende mostrar a importância que esta actividade teve outrora na vida social e cultural da comunidade, rodeada como estava a sua produção em ritos e lendas.

«Além de constituir um valioso recurso, cuja utilização ia do vestuário à própria medicina, o linho marcava significativamente o dia-a-dia das pessoas», afirmou à EDV Informação o presidente do Museu Regional de Cucujães (MRC), António Neves.

«É importante mostrar às pessoas, sobretudo aos mais novos, actividades como esta, ensinando de forma prática os modos de viver de outros tempos», disse.

A mostra – promovida pelo MRC – será uma espécie de «museu vivo», onde será reproduzido o ciclo do linho, como a monda, a apanha ou o ripar.

«À semelhança de outras terras vizinhas, Cucujães tinha uma forte tradição no linho», frisou António Neves.

«É, sem dúvida, um valioso património cultural que importa preservar. Por isso, vamos aproveitar esta oportunidade para homenagear as pessoas que trabalharam com o linho», sublinhou.

Enquanto ultimam os preparativos para a mostra, os promotores já registaram até ao momento cerca de três dezenas de pessoas que estiveram ligadas a esta actividade.

«Queremos tê-las presentes nesta iniciativa e fazer-lhes a merecida homenagem», referiu.

«Empenhamo-nos muito nesta mostra que – estamos certos – irá marcar 12 anos da actual direcção do museu, assim como todas as pessoas que a visitarem», acrescentou António Neves.

A exposição – que contempla 20 cenários – está patente até 07 de Novembro, podendo ser vista todos os dias entre as 10:00 e as 12:00 e as 14:00 e as 17:00.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *