Arouca, Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Porto, Póvoa de Varzim, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Sociedade, Trofa, Vale de Cambra, Valongo, Vila do Conde, Vila Nova de Gaia

Fase Delta chega hoje ao fim

A fase Delta de combate a incêndios florestais termina hoje, pelo que a partir de sexta-feira os meios no terreno vão ser reduzidos, sendo apenas reforçados em caso de necessidade, segundo a Directiva Operacional Nacional.

Na fase Delta do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais, accionada entre 01 e 15 de Outubro, estiveram operacionais cerca de 5.400 elementos, 1.200 veículos e 19 meios aéreos.

A partir de sexta-feira entra em vigor a fase Echo, que se prolonga até 31 de Dezembro.

De acordo com a Autoridade Nacional de Protecção Civil, os agentes no terreno para os próximos dois meses e meio são os meios disponíveis nos corpos dos bombeiros, além de fazerem parte das forças de empenhamento permanente o Grupo de Intervenção de Protecção e Socorro (GIPS) da GNR, a Força Especial de Bombeiros Canarinhos e Equipas de Intervenção Permanente.

Em caso de necessidade, e durante a fase Echo, os meios aéreos podem ser reforçados até um máximo de sete e as forças terrestres até ao máximo indicado para a fase Delta (5.441 elementos e 1.247 veículos).

Cerca de 77 mil hectares de floresta e mato arderam até 30 de Setembro, seis vezes mais do que a área ardida no mesmo período de 2008, um aumento que a Protecção Civil atribui essencialmente a factores humanos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *