Cultura, Trofa

Concurso Conto Infantil – Prémio Matilde Rosa Araújo vai chegar a Portugal, Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, S. Tomé e Príncipe e Timor – Trofa

A Câmara Municipal da Trofa e o Instituto Camões lançaram o Concurso Lusófono da Trofa – Conto Infantil – Prémio Matilde Rosa Araújo. U
 
O concurso Lusófono da Trofa – Conto Infantil – Prémio Matilde Rosa Araújo, é um projecto que tem vindo a ser desenvolvido pelo Município da Trofa há oito anos e contou já com a participação de mais de 2000 autores, tendo como objectivo divulgar autores portugueses amadores, que não tenham nenhum livro publicado, fomentando a escrita criativa e a valorização da expressão literária. Esta iniciativa visa também a criação e consolidação de hábitos de leitura e escrita bem como valorizar a cultura do concelho.
 
Assim, e como já é habitual, o concurso decorre entre Outubro e Abril, porém, ao contrário de anos anteriores, o Concurso Lusófono da Trofa estender-se-á a todos os países de língua oficial portuguesa, como é o caso de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, S. Tomé e Príncipe e Timor.
 
Tendo em conta que fica a cargo do Instituto Camões a recepção e selecção dos contos candidatos ao concurso nos novos países aderentes e a publicação da obra seleccionada na Biblioteca Digital do Centro Virtual Camões, a Câmara Municipal da Trofa tem como responsabilidade, receber e seleccionar os contos a concurso em Portugal, e avaliar todas as obras, atribuindo a valorização final.
 
 
O concurso destina-se a cidadãos – escritores ou não – que não tenham qualquer obra publicada na área da Literatura Infantil. Serão admitidos a concurso cidadãos dos países de língua oficial portuguesa e ainda cidadãos naturalizados e estrangeiros cuja situação de permanência no país esteja devidamente legalizada e com residência comprovada há mais de 2 (dois) anos, até ao dia 31 de Dezembro de 2010.
 
O Concurso Lusófono da Trofa – Conto Infantil – Prémio Matilde Rosa Araújo concederá o Prémio Matilde Rosa Araújo, no valor de € 5000 (cinco mil Euros), para o Melhor Conto e o Prémio Lusofonia, no valor de € 1000 (mil Euros), para o Melhor Conto a ser atribuído a cada país que não seja contemplado com o prémio Matilde Rosa Araújo.
 
A divulgação dos vencedores e a cerimónia de entrega dos prémios serão realizadas no mês de Junho de 2010. O nome dos vencedores será publicado nos sítios da Câmara Municipal da Trofa (www.mun-trofa.pt) e Instituto Camões (www.instituto-camoes.pt) nos cinco dias úteis imediatamente a seguir à cerimónia de entrega dos prémios.
O concurso destina-se a cidadãos – escritores ou não – que não tenham qualquer obra publicada na área da Literatura Infantil.
 
 Serão admitidos a concurso cidadãos dos países de língua oficial portuguesa e ainda cidadãos naturalizados e estrangeiros cuja situação de permanência no país esteja devidamente legalizada e com residência comprovada há mais de 2 (dois) anos, até ao dia 31 de Dezembro de 2010.
 
Este projecto, implementado pela Câmara Municipal da Trofa, em parceria com o Instituto Camões é sem dúvida uma iniciativa que visa valorizar não só a cultura do concelho, mas também, e fundamentalmente a Língua Portuguesa, prometendo uma contínua evolução.
 
Instituições envolvidas
 
Portugal
Câmara Municipal da Trofa
Instituto Camões
Angola
Centro Cultural Português em Luanda
Brasil
Centro Cultural Português em Brasília
Cabo Verde
Centro Cultural Português na Praia
Centro Cultural Português na Praia – Pólo no Mindelo
Guiné-Bissau
Centro Cultural Português em Bissau
Moçambique
Centro Cultural Português em Maputo
Centro Cultural Português em Maputo – Pólo na Beira
S. Tomé e Príncipe 
Centro Cultural Português em S. Tomé
Centro Cultural Português em S. Tomé – Pólo na Ilha do Príncipe
Timor
Centro Cultural Português em Díli

Artigo AnteriorPróximo Artigo

9 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *