S. João da Madeira, Sociedade

Ecocentro foi a prenda do Dia do Município – S. João da Madeira

O novo Ecocentro de S. João da Madeira foi inaugurado hoje, no âmbito do programa comemorativo do 83º aniversário da elevação a concelho. O equipamento, segundo Castro Almeida, o líder do Executivo municipal, vem ajudar a melhorar a qualidade de vida na cidade.

«A reciclagem aumentou muito em S. João da Madeira; hoje, já reciclamos o equivalente à produção de um mês em cada ano», sublinhou o autarca.

Castro Almeida também salientou o envolvimento dos estabelecimentos de ensino do concelho no programa de reciclagem de resíduos posto em prática pelo Município.

«No último ano, a reciclagem nas escolas aumentou para o dobro», disse.

O presidente da Câmara ainda acrescentou que o Ecocento «vem suprir uma carência» municipal, reconhecendo que ainda há muito a fazer no que diz respeito à reciclagem e separação de lixos.

«O objectivo é reduzir o passivo ambiental e a factura ambiental», afirmou o edil, que roulou o novo equipamento de «mais um passo em frente na política ambiental do Município».

As comemorações do Dia do Município incluiram a assinatura do contrato da empreitada para a recuperação do Palacete da Quinta dos Condes.

A intervenção representará um investimento de 480 mil euros, que será suportado inteiramente pela empresa «Águas de S. João». Dentro de um ano estará terminada, tendo recuperado tanto o interior como o exterior daquele edifício emblemático de S. João da Madeira.

Castro Almeida informou que o edifício conservará alguns dos traços do seu passado – como uma parede parcialmente consumida pelo incêndio que lá lavrou – e que o seu uso futuro será definido no final das obras.

A inauguração de um «elemento escultórico» de homenagem a Renato Araújo – persidente da Câmara de 1946 a 1954 – também marca o dia. Situa-se na avenida que leva o nome daquele antigo autarca.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *