Desporto, Oliveira de Azeméis

Piscina municipal aumenta oferta desportiva no concelho – Oliveira de Azeméis

A piscina municipal de Oliveira de Azeméis – o equipamento desportivo mais reclamado pela população – abriu as portas ao público passando a ser a primeira estrutura a ser gerida pela empresa municipal Gedaz – Gestão de Equipamentos Desportivos.  A dimensão do investimento e a gestão apropriada para este tipo de equipamento sustentou, segundo o vereador do desporto, a criação da empresa municipal, uma das propostas avançadas pelo Plano Estratégico de Desenvolvimento Desportivo.  
«A modalidade desportiva, de lazer, ou de terapêutica mais procurada pelos oliveirenses era a natação», afirmou Albino Martins na cerimónia de inauguração, baseando-se nos estudos e inquéritos do Plano de Desenvolvimento Desportivo.  
O objectivo da nova empresa municipal é tornar «mais ágil e eficiente» o funcionamento da piscina tornando-a num «serviço de qualidade que faça a diferença, que cative praticantes e consolide com isso uma gestão eficaz». 
«Com esta inauguração damos um contributo à melhoria da qualidade de vida dos oliveirenses», disse o responsável do desporto. 
«Esta é uma estrutura pensada ao milímetro e que garante uma utilização vastíssima no que diz respeito às actividades e desportos que aqui se podem praticar e até mesmo os atletas de alta competição se poderão aqui preparar», afirmou o presidente da autarquia. 
Ápio Assunção destacou as características principais do novo equipamento salientando a «tecnologia moderna» que garante «uma qualidade de água acima do que é habitual» e o «recurso a energias alternativas» a nível energético com a utilização da energia solar térmica, a biomasssa e uma central fotovoltaica.  
«A gestão do equipamento será profissional», disse o autarca referindo-se à criação da empresa Gedaz a quem caberá, no futuro, a gestão de todos os equipamentos desportivos da autarquia.  
A infra-estrutura custou 3,2 milhões de euros e localiza-se na zona escolar e desportiva da cidade onde está também implantado um outro equipamento que a autarquia vai inaugurar esta sexta-feira, o pavilhão municipal. 
Os dois equipamentos «fecham» o conjunto de infra-estruturas que estavam previstas para aquela zona onde já estão localizados o pavilhão da União Desportiva Oliveirense (UDO), os courts do Clube de Ténis de Azeméis e o centro de formação da UDO. 
A piscina proporciona aulas de natação para bebés (dos seis aos três anos), aprendizagem e aperfeiçoamento para crianças, jovens e adultos, hidroginástica para crianças, pólo aquático, hidroginástica, hidrobike, hidrodeep, aquajogging, natação terapêutica, natação sénior e massagens.  
O equipamento está dotado com dois tanques, um principal com 25 metros e oito pistas que permitem, além da natação, a prática de pólo aquático na vertente de treino.  
A piscina possui um outro tanque que, através da utilização de um sistema de cais/parede deslizante, possibilita a ampliação de duas pistas, com 50 metros, para treino de alta competição.

O edifício representa um investimento superior a três milhões de euros, dos quais 1,5 milhões de euros da responsabilidade da autarquia e o restante montante financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (1,411 milhões de euros) e orçamento do Estado (282 mil euros).

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *