Desporto, Oliveira de Azeméis

Piscina municipal abre no mês de Setembro – Oliveira de Azeméis

A abertura da piscina municipal de Oliveira de Azeméis vai coincidir com o arranque do ano lectivo embora a população vá usufruir gratuitamente do equipamento ainda antes dele ser inaugurado, anunciou o vereador do pelouro do desporto da autarquia, Albino Martins.

«Antes da sua entrada em funcionamento vamos abrir as portas para que as pessoas possam conhecer a infra-estrutura e fazer uso dela», afirmou à EDV Informação Albino Martins.

«As actividades de uma piscina têm muito a ver com o ano escolar daí a abertura e o início das actividades para o mês de Setembro, altura em que iremos arrancar então com as escolas de natação e os diferentes níveis de aprendizagem», explicou o vereador.

A piscina está inserida na Zona Educacional e Desportiva, situada a sul da cidade onde a autarquia tem também em fase de conclusão o pavilhão municipal, destinado, preferencialmente, à formação dos clubes do concelho.

A abertura do novo equipamento ocorrerá já sob a gestão da empresa municipal de desporto Gedaz – Gestão de Equipamentos Desportivos de Azeméis.

A piscina proporciona aulas de natação para bebés (dos seis aos três anos), aprendizagem e aperfeiçoamento para crianças, jovens e adultos, hidroginástica para crianças, pólo aquático, hidroginástica, hidrobike, hidrodeep, aquajogging, natação terapêutica, natação sénior e massagens.

A autarquia espera criar hábitos para a prática desportiva através das condições com que o equipamento está dotado: três tanques, um principal com 25 metros e oito pistas que permitem, além da natação, a prática de pólo aquático na vertente de treino.

A piscina possui dois outros tanques, um de aprendizagem e um outro suplementar que, através da utilização de um sistema de cais/parede deslizante, possibilita a ampliação de duas pistas, com 50 metros, para treino de alta competição.

O município tem abertas as inscrições para a frequência da piscina devendo as mesmas ser efectuadas na loja Ponto Já instalada no edifício Varandas do Sol, na Avenida Ferreira de Castro.

O edifício representa um investimento de 3,2 milhões de euros, dos quais 1,5 milhões de euros da responsabilidade da autarquia e o restante montante financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (1,411 milhões de euros) e orçamento do Estado (282 mil euros).

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *