Sociedade, Vale de Cambra

6,6 milhões para investir na cidade – Vale de Cambra

A cidade de Vale de Cambra vai ser alvo de um investimento de 6,6 milhões de euros nos próximos três anos. O objectivo é desenvolver projectos que aumentem a qualidade de vida urbana.

O FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional) garante 70 por cento dessa verba, na sequência de uma candidatura – bem sucedida – do Município de Vale de Cambra ao ON – programa operacional regional do norte.

A Câmara Municipal asssinou, entretanto, um protocolo com quatro parceiros, com o objectivo de garantir a implementação do projecto «Conviver Vale de Cambra». A saber: Santa Casa da Misericórdia de Vale de Cambra, Fundação Ilídio Pinho, Universidade Católica – Centro do Porto e Grupo Recreativo e Cultural de Cavião.

O projecto «visa o desenvolvimento de uma estratégia integrada de intervenção no espaço urbano do concelho, destacando a implementação de operações qualificantes do seu potencial paisagístico, humano e social».

José Bastos, o presidente do Executivo municipal, disse que o rubricar do protocolo era «um momento alto na vida da cidade». E, entre as acções, a empreender, destacou a conclusão do Parque Urbano, definido como «a grande referência de Vale de Cambra».

O autarca também sublinhou que o «Conviver Vale de Cambra» pernitirá qualificar os Paços do Concelho e assinalou, ainda, o desenvolvimento de iniciativas na área cultural, como a realização de um Simpósio Internacional de Escultura, e, na vertente social, a criação de um Banco Solidário, para auxílio dos mais carenciados.

O projecto inclui diversas acções, estruturadas em quatro eixos: ambiente, sustentabilidade, lazer, desporto e vida saudável; qualificação do ambiente urbano; participação, solidariedade e integração social; e “viver a cidade cultural e intergeracional”.

José Bastos disse esperar que, dentro de um ano, todas as acções previstas estejam em andamento.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *