Oliveira de Azeméis, Sociedade

Crianças alertadas para viverem em ambientes saudáveis – Oliveira de Azeméis

Mais de uma centena de crianças de Oliveira de Azeméis que frequentam centros de Actividades de Tempos Livres (ATL) foram alertadas hoje, através de actividades lúdicas e pedagógicas, para os malefícios do uso de drogas e para as vantagens de viverem modelos de vida saudáveis. 
Em pleno parque temático molinológico de Ul, onde decorreram parte das comemorações do Dia Internacional de Luta contra o Abuso e o Tráfico Ilícito de Drogas, 120 crianças, entre os oito e os 12 anos, escutaram alguns conselhos da vereadora do pelouro de acção social da autarquia.  
«Temos de saber fazer escolhas na nossa vida e os nossos comportamentos também devem ser feitos com base em escolhas saudáveis», disse Gracinda Leal, frisando ser importante que «as famílias ensinem os filhos a terem comportamentos sadios e a estarem devidamente informados». 
Segundo a vereadora «as actividades desenvolvidas, de carácter preventivo, visaram chamar a atenção para os malefícios do consumo e tráfico de drogas» cujas estratégias de redução e combate devem continuar a ser uma preocupação dos responsáveis políticos, das famílias e da sociedade civil.  
As acções iniciaram-se com uma caminhada destinada a conhecer os vários núcleos que compõem o parque molinológico.  
Munidas de garrafas de água, dezenas de crianças percorreram, durante uma hora, os trilhos do parque enquanto outras participavam em jogos tradicionais, aeróbica ou assistiam a uma pequena encenação teatral («A professora engenhocas»), promovida pela associação «Desafio Jovem». 
A tarde foi ocupada de forma lúdica com várias actividades com os mais pequenos a assistirem, ao vivo, à produção tradicional do pão de Ul desde a moagem ao fabrico da massa e à cozedura do pão em forno de lenha.  
Participaram nas acções crianças dos ATL de Santiago de Ria Ul, Lações (gabinete social), Obra Social de São Martinho da Gândara, Centro Cultural e Social de Macinhata da Seixa, CEATLA de Oliveira de Azeméis, Comossela e Centro cultural e Recreativo de Pindelo.  
As comemorações envolveram ainda a realização, na biblioteca municipal Ferreira de Castro, de uma palestra dedicada à temática das toxicodependências, com a análise focalizada no álcool e no aparecimento das novas drogas de consumo recreativo.  
As comemorações, que incluíram dias antes uma caminhada ao parque molinológico, foram organizadas pela Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis em parceria com a Associação Dianova Portugal, Associação Desafio Jovem, Santa Casa da Misericórdia de Oliveira de Azeméis, Guarda Nacional Republicana – Escola Segura, Cruz Vermelha Portuguesa – Núcleo de Cucujães, Narcóticos Anónimos, Centro Social e Paroquial de Nogueira do Cravo.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *