Santo Tirso, Tecnologia

“Inventar a cidade” – Projecto inovador apresentado à cidade – Santo Tirso

Numa cerimónia presidida pelo presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Castro Fernandes – e em que marcaram presença representantes da Direcção Geral de Ordenamento do Território e Desenvolvimento Urbano (DGOT-DU), a equipe técnica responsável pelo projecto da Reabilitação da Praça General Humberto Delgado, arquitecta Graça Nieto Guimarães e escultora Clara Meneres, a equipa vencedora do concurso Europan 9, Gilberto Pereira, Bruno Sousa, Ana Sofia Pacheco e Victor Esteves, e a Associação Teatro Construção, representada por Romeu Pereira – decorreu ontem, segunda-feira, dia 22 de Junho, no salão nobre dos Paços do Concelho, a apresentação pública da candidatura “Inventar a Cidade” aprovada, no âmbito do Polis XXI. 
 

A sessão pública começou com uma intervenção de enquadramento geral do projecto, durante a qual se explicou que, mais importantes do que as componentes materiais, são as imateriais, ou seja, este projecto pretende envolver a população, sobretudo a população carenciada, dando-lhe formação para, no futuro, desenvolverem acções de animação e gestão do espaço público. Para testemunhar o trabalho já em desenvolvimento, foi feita no final da sessão uma apresentação no átrio da Câmara pelo grupo que está já a trabalhar em formação teatral com a Associação Teatro Construção. Este grupo constituído por oito elementos (Susana Soares, Filipa Costa, Rosa Dias, Bibiana Guimarães, Diogo Guimarães, Tatiana Costa, Inês Costa e Pedro Alves) brindou-nos com um excelente momento demonstrativo das potencialidades do projecto, no qual foi encenado o poema “Cântico Negro” de José Régio. 
 

Antes tinha sido apresentado o projecto da Praça General Humberto Delgado e área envolvente, cuja obra será financiada por este programa e que constituirá um novo espaço na cidade dedicado ao peão e à vida pública. Este projecto apresentado pela arquitecta Graça Nieto Guimarães, irá resolver o complicado problema de trânsito que são actualmente os cruzamentos fronteiros ao Tribunal. Por outro lado a Praça General Humberto Delgado e o troço final da Avenida de São Rosendo, em frente à fachada lateral do Cine-Teatro, serão transformados em áreas pedonais. De salientar o novo enquadramento a dar ao busto do Prof. Pires de Lima da autoria do conceituado escultor Leopoldo de Almeida, que será enquadrado por uma escultura em topiária (técnica tradicional de esculpir em plantas) da autoria da escultora Clara Menéres. 
 

Foi ainda apresentado publicamente o projecto Europan 9, pelo arquitecto Gilberto Pereira, para o Vale do Ribeiro do Matadouro. Este projecto está ainda em fase de execução estando a obra candidatada à segunda fase de candidaturas ao Polis XXI.  
 

Importa referir que este projecto – denominado INVENTAR A CIDADE – no seu conjunto, representa um investimento global de 1 847 535 euros, sendo que 30% deste montante sairá do orçamento camarário.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *