Oliveira de Azeméis, Sociedade

Autarquia compromete-se a apoiar Timor Leste – Oliveira de Azeméis

Kirsty Gusmão, mulher de Xanana Gusmão e embaixadora da Boa Vontade para a Educação, visitou duas escolas do concelho de Oliveira de Azeméis tendo recebido o compromisso renovado da autarquia em continuar a ajudar Timor Leste, como aconteceu no passado com a campanha de solidariedade «Timor…Do sonho à realidade».
Depois de visitar a escola EB1 de Palmaz, Kirsty Gusmão assistiu na EB 2,3 Drº José Pereira Tavares, no Pinheiro da Bemposta, à apresentação do projecto de intercâmbio «Laços de Amizade», lançado por este estabelecimento e destinado a apoiar as crianças de uma escola (Laulara) de um dos 13 distritos que compõem administrativamente o território de Timor Leste.
A educação é uma das áreas prioritárias de intervenção da Fundação Alola, instituição a que preside ainda a mulher do primeiro-ministro timorense.
Kirsty Gusmão lembrou que 90% das infra-estruturas do país, incluindo as escolares, foram destruídas pelas milícias pró-Indonésia após o referendo de independência de Timor Leste em Agosto de 1999 pelo que o projecto de intercâmbio assume uma importância especial.
Ápio Assunção, presidente da autarquia, reconheceu a importância do intercâmbio ao salientar que «os mais jovens estão motivados e interessados em estabelecer laços de amizade».
«Isto é muito importante e leva-me a felicitar os alunos, os professores e todos os que colaboram com o projecto», afirmou o autarca, lembrando a relação afectiva de vários anos de Oliveira de Azeméis com Timor Leste que tem tido em Teófilo Fonseca o seu grande interlocutor.
A embaixadora da Boa Vontade para a Educação de Timor Leste reconheceu que o país «está a viver um período de estabilidade política e social» mas disse existir ainda um longo caminho a percorrer.
«Há resultados positivos da colaboração dos portugueses mas continuamos a precisar da vossa amizade e do vosso apoio», disse Kirsty Gusmão, revelando esperança num «novo impulso no relacionamento entre os dois países».
«Quero garantir o nosso apoio e a nossa solidariedade e desejar, no âmbito da Fundação Alola, os maiores sucessos porque isso significa também que as mulheres e as crianças de Timor-Leste estão mais protegidos», afirmou o presidente da autarquia, respondendo ao apelo.
A deslocação de Kirsty Gusmão a Oliveira de Azeméis insere-se na visita oficial que está a fazer a Portugal com o objectivo de promover o trabalho da Fundação que dirige.
A Fundação Alola desenvolve acções nas áreas da saúde materno-infantil, educação, desenvolvimento económico e apoio jurídico.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *