S. João da Madeira, Sociedade

Associação promove a solidariedade «Sem Fronteiras» – S. João da Madeira

A Associação «Formação Sem Fronteiras», de S. João da Madeira, vai enviar para a Guiné-Bissau material escolar e brinquedos conseguidos na edição do ano passado do evento «A Cidade no Jardim», segundo revelou Hernâni Fontes, o presidente da instituição.

«O objectivo era enviar esse material para S. Tomé e Príncipe, mas não foi possível devido aos custos de transporte», disse.

Hernâni Fontes explicou que a solução Guiné-Bissau se tornou possível devido à integração num projecto desenvolvido por «uma professora de Santa Maria da Feira, que conseguiu reunir os fundos necessários para o transporte».

Parte do material escolar e dos livros reunidos pela «Formação Sem Fronteias» ficarão em Santa Maria da Feira numa «instituição que trabalha com crianças institucionalizadas».

A Associação «Formação Sem Fronteiras» começou por ser um projecto de apoio a S. Tomé e Príncipe, que, através de «parcerias com outras instituições», levou projectos de formação àquele país africano de expressão oficial portuguesa.

Em 2006, fruto dos seus esforços e das parcerias que conseguiu estabelecer, também foram enviadas para o arquipélago são tomense duas âmbulâncias. E, em Oliveira de Azeméis, dois auto-tanques aguardam transporte para os Bombeiros Voluntários de S. Tomé e Príncipe.

«Neste momento, o nosso objectivo é dar formação onde se fala português, incluindo em Portugal e nas Comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo», sublinhou Fontes, a respeito dos objectivos da Associação.

O presidente da instituição informou que, no presente, a «Formação Sem Fronteiras» procurar proporcionar “formação financiada, através do recurso aos quadros comunitários».

Hernâni Fontes salientou que as acções formativas disponibilizadas se destinam «a qualquer pessoa activa – empregada ou desempregada – que busque uma qualificação profissional ou certificações no âmbito das Novas Oportunidades».

Artigo AnteriorPróximo Artigo

2 comentários

  1. Exmos. Senhores, em parceria com o MIL – Movimento Internacional de , vamos promover um evento na Bilioteca Municipal Renato Araújo, no próximo dia 03 de Dezembro e com início provável a partir das 16 horas. O evento relaciona-se com o lançamento da Revista NOVA ÁGUIA, que terá como intervenção temas ligados a Agostinho da Silv; Padre António Vieira e Teixeira de Pascoaes. Desde já está essa associação c onvidada para partiicipar no evento – Jacinto Alves -Círculo de Estudos Eclécticos e Acção Cultural Maria de Oliveira

  2. Amigo e Senhor Hernâni Fontes !

    Só nesta data – 19/11/09, deparei com a existência da associação que dirige. Ainda hoje estive e contacto com o Sr. Renato Epifânio, elemento directivo do MIL – MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSOFÓNO, com sede em Lisboa – ” novaaguia@gmail.com ” com vista a serem desenvolvidos vários níveis de cooperação. Como bancário reformado vou tentar junto dos meus colegas na situação (que são alguns milhares) de reforma, vou tentar convencê-los a REACTIVAR a associação portuguesa para a cooperação – APOBANCO . No próximo dia 3 de Dezembro, o CÍRCULO em parceria com o MIL, vamos realizar em S. João da Madeira, no na Biblioteca Municipal Renato Araújo pelas 16,30 horas o “lançamento da revista ” NOVA ÁGUIA” acompanhada uma palestra sobre Teixeira de Pascoaes. TEMOS MUITA SATISFAÇÃO EM CONVIDÁ-LO A SI E AO SEU PESSOAL !!! Muito Cordialmente – Jacinto Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *