Arouca, Cultura, Oliveira de Azeméis, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira, Vale de Cambra

CULTURA/BREVES

Notícias breves de Cultura sobre acontecimentos marcados para este fim-de-semana no agrupamento de municípios do Entre Douro e Vouga.

AROUCA

«Deolinda» no terreiro de Santa Mafalda

A banda «Deolinda» actua esta sexta-feira, a partir das 22:30, no terreiro de Santa Mafalda, em Arouca, num concerto inserido na programação da Semana Cultural.
Aquela que é considerada a banda revelação no panorama musical português apresenta o seu álbum de estreia «Canção ao lado».
A banda «Deolinda» – um projecto criado em 2006 – é constituída por Ana Bacalhau, Zé Pedro Leitão, Pedro da Silva Martins e Luís José Martins.
O seu estilo de música, tradicionalmente pouco convencional, tem feito furor por onde passa.

OLIVEIRA DE AZEMÉIS

«Derivações estilísticas» na galeria Tomás Costa

A partir das 18:00 deste sábado a exposição de pintura «Derivações estilísticas», de Amândio Vale, pode ser apreciada na galeria Tomás Costa, na Praça da Cidade.
Os trabalhos do artista vão ficar expostos até 22 de Junho no horário normal da galeria, aberta de terça-feira a domingo.
Amândio Vale é natural do Porto tendo revelado cedo a sua vocação artística nas áreas da pintura e da escultura. Frequentou um curso de pintura a óleo no Centro de Arte de S. João da Madeira, orientado pelo pintor João Dixo da Faculdade de Belas Artes do Porto.
Há cerca de três anos juntou a pintura à escultura criando uma nova forma artística: pintura com relevo de gesso sobre tela de algodão.

S. JOÃO DA MADEIRA

Festa, riso e dança com «Melech Mechaya»

O quinteto «Melech Mechaya» vai estar esta sexta-feira nos Paços da Cultura de S. João da Madeira, com um concerto marcado para as 21:45.
«Entre o riso e a dança, uma pândega não aconselhada a cardíacos!» é a promessa dos próprios «Melech Mechaya».
Os seus concertos são «momentos únicos e irrepetíveis de animação, onde a interacção com o público é forte e constante», refere a organização do espectáculo.
O grupo propõe «uma viagem festiva pela música klezmer, com uma sonoridade contagiante que une aromas árabes e ritmos ciganos à tradição judaica».
Considerada actualmente como um estilo independente a música klezmer nasceu na tradição judaica e foi desenvolvida a partir do século XV. O seu repertório compreende danças e celebrações, bem como canções delicadas e tocantes.

SANTA MARIA DA FEIRA

Castelo recria os sete pecados capitais da história portuguesa

O castelo de Santa Maria da Feira acolhe até 14 de Junho o projecto «Era uma vez… Sete casas da inFortuna», que recria momentos da história portuguesa relacionados com os sete pecados capitais.
A iniciativa enquadra-se no programa «Viajar no tempo rumo à Viagem Medieval», que a empresa municipal Feira Viva e a autarquia vêm organizando há três anos, envolvendo encenações pelo Teatro e Marionetas de Mandrágora e pelo grupo Espada Lusitana.
«Era uma vez… Sete casas da inFortuna» pode visitar-se de segunda a sexta-feira das 09:30 às 18:00 (com pausa para almoço) e, aos sábados, domingos e feriados, entre as 13:30 e as 18:30.
Os preços são os mesmos da visita normal ao castelo: 3 euros para adultos, com descontos para crianças, reformados, grupos, famílias e professores.

VALE DE CAMBRA

Centro cultural exibe «Monstros vs Aliens»

«Monstros vs Aliens», de Rob Letterman e Conrad Vernon, é a proposta cinematográfica do Centro Cultural de Macieira de Cambra, em Vale de Cambra, para domingo, às 15:00.
Baseado nos clássicos filmes B de terror feitos nos anos de 1950, este filme de animação mistura comédia e acção. O elenco integra nomes como Seth Rogen, Hugh Laurie, Stephen Colbert, Reese Witherspoon, Paul Rudd, Kiefer Sutherland, Will Arnett ou Rainn Wilson.
O preço dos bilhetes varia entre os 2,50 euros (crianças dos três aos 10 anos) e os 3 euros (jovens e adultos). Os idosos aderentes ao «Cartão Municipal do Idoso» pagam 2,50 euros.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *